Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 12 de abril de 2021
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
Busca
RELIGIÃO

Papa dá aval a proibição de bênção a união de casais homossexuais: 'pecado'

Segundo o decreto, homossexuais podem ser aceitos e podem receber bênçãos, menos quando se trata de união

15 Mar 2021 - 12h36Por Estadão Conteudo

O Vaticano decidiu nesta segunda-feira, 15, que a Igreja Católica não pode abençoar casais homossexuais porque Deus "não pode abençoar o pecado." 

A Congregação para a Doutrina da Fé, o organismo doutrinário do Vaticano, emitiu a determinação em resposta a dúvidas e ações de algumas paróquias sobre a concessão de tais bênçãos como um gesto de acolhimento de católicos gays, já que a Igreja não permite o casamento homossexual.

A resposta, contida em uma explicação de duas páginas publicada em sete línguas, foi autorizada pelo papa Francisco.

Últimas notícias

Segundo o decreto, homossexuais podem ser aceitos e podem receber bênçãos nas Igrejas. No entanto, a união entre pessoas do mesmo sexo não pode ser abençoada.

O Vaticano afirma que os homossexuais devem ser tratados com dignidade e respeito, mas que o sexo homossexual é "intrinsecamente desordenado." 

Os ensinamentos católicos indicam que o casamento entre um homem e uma mulher faz parte do plano divino e tem o propósito de criar uma nova vida. Visto que casais gays não fazem parte desse plano, eles não podem ser abençoados dentro da igreja, disse o documento.

"A presença nessas relações de elementos positivos, que por si só são valorizados e apreciados, não pode justificar essas relações e transformá-los em objetos legítimos de bênção eclesiástica, uma vez que os elementos positivos existem no contexto de uma união não ordenada pelo plano do Criador", disse a resposta.

Deus "não abençoa e não pode abençoar o pecado: Ele abençoa o homem pecador, para que ele possa reconhecer que faz parte de seu plano de amor e se deixar transformar por Ele", acrescenta o texto.

Francisco tem defendido que os casais homossexuais tenham proteções legais, mas no que diz respeito à esfera civil, não dentro da Igreja. Ele fez esses comentários em uma entrevista à estação de televisão mexicana Televisa em 2019, e o trecho foi ao ar no documentário Francesco, de 2020.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIRGEM MARIA
Mulher engravida sem ter feito sexo e dá à luz uma menina: "Chocada"
MUNDO MEDONHO
Mulher corta as maiores unhas do mundo após mais de 28 anos
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
IGREJAS ATACADAS
Número de cristãos perseguidos no mundo aumenta 30% em 2020
ASSUSTADOR
Mulher quer mudar de casa após flagrar conversa arrepiante entre a filha e amigo imaginário
ENCONTRADA
Mulher desaparecida há 3 semanas é achada nua dentro de bueiro
NOVA ORDEM MUNDIAL
Nova Ordem Mundial: elite secreta controla o mundo?
TERROR EM SUPERMERCADO
Ataque no Colorado: atirador mata pelo menos 10 pessoas em supermercado de Boulder, nos EUA
ASSOMBRAÇÃO
Babá eletrônica Flagra figura assustadora em quarto de crianças durante a madrugada
PERTO DE CARACOL-MS
Vítima da Covid, indigente é carregado por trator e enterrado em vala comum