Menu
SADER_FULL
domingo, 26 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Vice-prefeito e ex-secretários de Dourados são denunciados

22 Out 2009 - 16h51Por Mídia Max

O vice-prefeito de Dourados Carlinhos Cantor, do PR, e outras 14 pessoas, entre as quais ex-secretários do município, servidores públicos e empresários, foram denunciados pelo MPE (Ministério Público Estadual) por corrupção. Os implicados foram detidos em julho deste ano durante a operação Owari, tocada pela Polícia Federal, que pôs 42 pessoas na prisão, todas já soltas.

Os detidos são suspeitos de agir numa organização criminosa acusada de fraudar licitações, entre outros crimes. Até agora o MPE denunciou 28 dos 42 presos. Já a PF indiciou 73 pessoas supostamente ligadas ao esquema.

A operação que ficou conhecida como Owari (ponto final em japonês) tem relação com o nome do suposto chefe da organização, o empresário Sizuo Uemura, um dos homens mais ricos da cidade de Dourados. Ele é dono de concessionárias de carros, hospital, imóveis e factoring.

Já a Brothers (irmãos em inglês), tem a ver com os irmãos Everaldo e Eduarte Dias Leite, donos da empresa que explora a coleta de lixo na cidade e ligados a Uemura.

Os prefeitos Ari Artuzi, do PDT (Dourados) e Flávio Kayat, do PSDB (Ponta Porã), também são investigados pelo MPE por suposta ligação com a quadrilha, mas o órgão ainda não se manifestou quanto a esta questão. O procurador geral da Justiça, Miguel Vieira, disse 15 dias atrás que o caso é “investigado”.

Denunciados

A denúncia preparada por quatro promotores, Paulo Zeni um deles, já está nas mãos da juíza da 1ª Vara Criminal de Dourados, Dileta Terezinha Souza Thomaz. Ela deve se manifestar sobre o caso na semana que vem. É da magistrada a missão de acatar ou não a denúncia dos promotores.

Paulo Zeni disse que além de denunciar o vice-prefeito e mais as 14 pessoas, pediu para que a juíza quebre sigilo dos diálogos captados por meio de conversas telefônicas autorizadas por meio judicial. Nas escutas, servidores, empresários e políticos conversam entre si e comentam as ações da organização.

Algumas conversas foram divulgadas pela imprensa, mas por determinação da juíza, a reprodução delas não pode mais ser divulgada.

Arquivo
MPE denunciou o vice-prefeito Carlinhos Cantor por suposta ligação com quadrilha; ele nega

Além do Carlinhos Cantor, que nega participação na trama, o MPE denunciou os ex-secretários Carlos Ióris (Obras), Jorge Marques Torraca (Serviços Urbanos).

Aparecem ainda na relação dos denunciados, os irmãos Dias Leite, Silvério Diniz Filhos, Teruo Hato, Nely Antônia Olsen Vieira, Maria Aparecida da Silva, José Ciro Teixeira, Isaias de Paula Deus, Manoel Belarmino Pena, Cezário Figueiredo Neto, Cristiane Moreira e Segóvia Vilharva.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESASTRE AÉREO
Diretor da UPA que sofreu acidente aéreo no Pantanal morre em hospital
COVID-19
Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas
+ AUMENTO
Gasolina sobe pela 8ª semana seguida nos postos, aponta ANP
PAN AMERICANO JUNIOR
Atleta de MS carregará as cores do Brasil no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos Júnior
LIÇÕES DA BÍBLIA
Prefácio de Deuteronômio
ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"