Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 15 de maio de 2021
Busca
Brasil

TRT vai participar de Seminário de Direito para Jornalistas

1 Set 2004 - 14h57
 

O TRT/MS (Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso do Sul) participa, pela primeira vez, do Seminário de Direito para Jornalistas promovido pelo TJ/MS (Tribunal de Justiça do Estado). O convite, formalizado pela Secretaria de Comunicação Social do TJ/MS, no início do mês de agosto, foi aceito pelo presidente do TRT/MS, juiz João de Deus Gomes de Souza.

O magistrado participará como palestrante e convidado especial do evento, que acontece nos dias 8, 9 e 10 de setembro. No dia 8, o presidente do TRT/MS participa da abertura do Seminário, como convidado especial, integrando a mesa de autoridades. No dia 10, ministrará palestra sobre “Linguagem, estrutura e relacionamento com a imprensa”.

Para o juiz João de Deus, a sua participação como palestrante será bastante oportuna para a Justiça do Trabalho. “Esse seminário tem cumprido um papel relevante à sociedade e ao Poder Judiciário por permitir à imprensa e aos profissionais jornalistas conhecer melhor sobre a estrutura e o funcionamento da justiça em Mato Grosso do Sul”, ressalta.

Sobre o conteúdo da sua palestra, o presidente do TRT/MS pretende abordar sobre a importância do jornalista conhecer os termos jurídicos. “Isso é muito significativo, uma vez que o jornalista exerce a função de informar a sociedade, e isso deve acontecer com o uso da terminologia adequada”, observa. Ele também falará da estrutura do Poder Judiciário Trabalhista e do que o TRT/MS vem fazendo para dar mais eficiência e qualidade à prestação jurisdicional.

Por fim, o juiz João de Deus abordará sobre a importância do bom relacionamento entre o Poder Judiciário e a imprensa. “A imprensa precisa entender que é muito importante para a sociedade que ela dê mais espaço para assuntos relacionados ao judiciário, principalmente questões que envolvem direitos fundamentais”, adverte. “Há muitas decisões judiciais e atos do Poder Judiciário que precisam ser amplamente divulgados para que mais pessoas tomem consciência dos seus direitos e se encorajem a buscá-los”, completa.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada