Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 24 de outubro de 2021
Busca
Brasil

Teté é reeleito em F. do Sul e Elenildo eleito em Vicentina

13 Dez 2006 - 02h01

Em um fato inédito na política de Fátima do Sul, onde um vereador do distrito de Culturama se tornou presidente do Legislativo Municipal, na noite de ontem, terça-feira (12), no Plenário Athaufho de Mattos, aconteceu outro fato inédito, a reeleição de José Cassiano de Oliveira “Teté” (PL), ele que pela segunda vez consecutiva irá dirigir os trabalhos da Câmara Municipal 2007/2008.

 

Com a chapa “Harmonia e Trabalho”, foi eleita por oito votos à um, ficando constituída da seguinte forma:

Presidente: José Cassiano de Oliveira “Teté”

Vice-presidente: Maria Jorge Leite “Mariquinha”

1º Secretário: Ataíde Caetano

2º Secretário: Nelson Pisano.

 

Já no município de Vicentina, a votação para eleger a nova mesa diretora da Câmara Municipal, aconteceu na tarde de ontem terça-feira (12), onde o projeto que dá direito a reeleição não foi apresentado, deixando assim aberto para que outro vereador pudesse ocupar o cargo.

 

A votação que teve seis votos a favor e três contras, elegeu a chapa única composta pelos seguintes vereadores:

Presidente: Elenildo Barbosa

Vice-presidente: José da Silva Machado “Duda”

1º Secretário: Israel Alves Belo

2º Secretário: Elessandra Maria de Oliveira.
 
 
 
Fátima News

Leia Também

LIÇÕES DA BÍBLIA
Circuncidem seu coração
OLIMPÍADA 2024
Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos
LIÇÕES DA BÍBLIA
Estudo adicional
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra 15.609 casos e 373 mortes em 24 horas
ESTAVA DESAPARECIDO
Corpo de pescador é encontrado dentro de jacaré
LIÇÕES DA BÍBLIA
O principal mandamento
BAIXARAM A GUARDA
Covid-19: Brasil registra 390 mortes e 12,9 mil casos em 24 horas
LIÇÕES DA BÍBLIA
Se me amam, guardarão os Meus mandamentos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab está com 655 vagas para indígenas interessados em trabalhar em lavouras de maçã em SC e RS
ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA