Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 28 de novembro de 2021
Busca
Brasil

Prefeito de Deodápolis deu uma verdadeira aula no dia da Mobilização

26 Out 2009 - 17h15Por Wilson Amaral / Fátima News

A prefeitura municipal de Deodápolis, administrada pelo prefeito Manoel Martins (PSDB) não ficou de fora da mobilização Nacional, que aconteceu nesta sexta-feira, dia 23, “O Dia Nacional de Defesa dos Municípios”, promovido pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), com o apoio e participação da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul).

 

 

O objetivo foi promover “um dia para conhecer a realidade dos municípios e fazer algo para mudar”. Esta foi à proposta, apresentada também pelo prefeito Manezinho a toda a equipe de secretários municipais, diretores de Departamentos e toda a equipe dos servidores públicos, reunidos no auditório do Centro de Múltiplo-Uso.

 

 

Na prefeitura a maioria dos atendimentos ao público esteve fechada, excetos saúde, educação. Com a casa cheia entre funcionários autoridades, imprensa e pessoas convidadas o prefeito Manezinho deu uma verdadeira aula sobre o dia da Mobilização Nacional em defesa dos municípios.

 

 

O prefeito enfatizou sobre a partilha do bolo da receita total dos impostos que é de certa forma muito injusta para com os municípios, principalmente os mais pequenos. Hoje os municípios estão com múltiplas tarefas inclusive de estabelecer parcerias para resolver problemas da esfera Estadual e Federal. Entre os governos: Municipal, Estadual e Federal; quem é o mais procurado? Então é preciso reconhecer que o povo brasileiro que mora nos municípios e que cada município cobra-se o que é de direito. Quanto à mobilização o prefeito enfatizou a conscientização de toda a população porque a crise mundial instalada tem penalizado os municípios com a diminuição da receita enquanto as exigências a cada dia aumentam mais, por isso, é oportuno falar com o povo como estamos aqui salientou o prefeito e sabendo ainda que a CNM (Conferência Nacional dos Municípios) em cada município deste país está falando a mesma língua em defesa de cada comunidade, na conscientização da situação precária que tem vivido e também na busca de apoio de todos para mobilizar e incentivar o Congresso Nacional a aprovar leis que redistribua melhor os recursos principalmente na área da saúde e da educação onde os prefeitos hoje estão abdicando de muitos projetos de desenvolvimento para cobrir gastos que são muito além dos constitucionais.

 

 

Na oportunidade o prefeito Manezinho deu uma palestra sobre o bom atendimento, sobre a prestação de serviços de qualidade e sem dúvida como fazer de um momento crítico, de crise mundial e de arrocho financeiro, um momento racional para vencer o grande desafio de cada dia trabalhando em conjunto com inteligência, austeridade e patriotismo. Para conter o avanço dos reflexos da crise, os Municípios de todo o Brasil, liderados pela CNM, pedem que a sociedade organizada participe de mobilização nacional para convencer a Câmara dos Deputados a regulamentar a Emenda Constitucional nº. 29, há mais de seis anos parada  no Congresso Nacional. Conforme dados da CNM, devido a essa Emenda, os Municípios já perderam mais de R$ 52 bilhões, em seis anos, porque a União reduziu drasticamente os investimentos na Saúde, deixando essa responsabilidade por conta das Prefeituras. Por exemplo, em 2001, a União investiu 51% na Saúde, o Estado 24% e o Município aplicou 25% de sua receita. Em 2008, enquanto Municípios e Estados aplicaram 29% da receita, a União passou a investir 42%. Em 2009, “não sabemos quanto está sendo investido”, observa a direção da CNM. O desequilíbrio da receita com as obrigações sempre crescentes das obrigações das Prefeituras chegou ao ponto crítico, que precisa ser solucionado o quanto antes, resume a campanha da CNM.

 

Leia Também

# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho
MANIACO SEXUAL
Homem é filmado passando a mão em mulher no meio da rua
+ AUMENTO
Conta de luz deve subir mais de 20% no ano que vem, estima ANEEL
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil tem 10,3 mil casos e 284 mortes em 24 horas