Menu
SADER_FULL
domingo, 14 de agosto de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Pecuaristas criticam exigências ambientais dos frigoríficos

9 Ago 2010 - 14h52Por MNP Notícias
Pressionados a provar que cumprem a legislação ambiental, pecuaristas de Mato Grosso reagiram contra os maiores frigoríficos do Brasil.

Em carta aberta aos grupos Marfrig e JBS-Friboi, a Acrimat (Associação dos Criadores de Mato Grosso) disse que o setor sofre ameaças, mas não irá aceitar "abusos" e "formação de cartel".

Desde que firmaram acordos com o Ministério Público Federal no Pará e em Mato Grosso, os dois frigoríficos passaram a exigir que seus fornecedores comprovem a origem legal do gado.

O objetivo da medida é barrar a expansão do desmate e o uso de áreas de preservação e reservas indígenas para a criação do gado.

Para a Acrimat, porém, as exigências "invertem o ônus da prova" e são uma "forma de manipular a relação comercial com o pecuarista".

"Nós, produtores, não temos nenhuma relação com os acordos assinados junto ao Ministério Público Federal e ONGs. Não somos testemunhas nem responsáveis por assinatura desses pactos."

Os criadores criticaram os frigoríficos, que exigem a apresentação de documentos "como se fossem os responsáveis pela fiscalização e execução das leis": "Marfrig e JBS-Friboi colocam os pecuaristas na vala comum de invasores de terra, dos que vivem à margem da lei. Não somos transgressores".

Mato Grosso tem o maior rebanho bovino do país: 27,3 milhões de cabeças.

Em nota, o grupo JBS-Friboi disse que a "sustentabilidade é um valor fundamental" e que, por conta disso, possui um controle na aquisição de gado de acordo com a legislação socioambiental.

O grupo Marfrig disse que promove boas práticas ambientais e que "se reserva o direito de adquirir matéria-prima de fornecedores alinhados" com essa exigência.

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Motociclista de 27 anos bate na traseira de trator e morre em vicinal
TRAGEDIA NA RODOVIA
Sete pessoas morrem e três ficam feridas em acidente entre caminhão e van
AUXILIO POPULAÇÃO
Governo libera empréstimo consignado para beneficiários do Auxílio Brasil
TRAGÉDIA
Carro explode durante abastecimento e amputa pernas de frentista
NOITE DE TERROR
Moradores relatam medo vivido em confronto com oito mortos
ACIDENTE DE TRABALHO FATAL
Trabalhador morre soterrado ao fazer limpeza em silo de grãos
AGRESSÃO NA ESCOLA
Mulher invade escola e espanca aluna a pauladas
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil ultrapassa o número de 680 mil mortos pela doença
AUXÍLIO BRASIL AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio Brasil de R$ 600 e vale-gás saem hoje para mais um grupo
BRASIL + POBRE
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas