Menu
SADER_FULL
terça, 28 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Operação Volta às Aulas do Inmetro fiscaliza material escolar

20 Jan 2010 - 11h00Por Governo do Estado de Mato Grosso do Sul

Técnicos da Agência Estadual de Metrologia de Mato Grosso do Sul (AEM/MS), órgão delegado do Inmetro, iniciaram nesta semana em Campo Grande a fiscalização dos materiais escolares.

A atividade, batizada de Operação “Volta às Aulas”, objetiva analisar quantitativamente os produtos, ou seja, verificar se a quantidade indicada é a mesma que consta dentro da embalagem.

A operação fiscaliza produtos como cadernos, fichários, colas, resmas de papel, massas de modelar e outros produtos que podem constar na lista de materiais escolares.
 
“Neste período o consumidor começa a adquirir o material escolar, portanto as fiscalizações são intensificadas. Alguns produtos são de fácil análise e até mesmo o consumidor pode identificar, como a contagem das folhas de um caderno, por exemplo”, sugere o Agente Metrológico da AEM/MS, Alex Balero Lessa.

Ele ainda explica que alguns produtos já foram periciados por meio do pré-exame no próprio estabelecimento, como a contagem das folhas de cadernos, lápis de cor, clipes e giz de cera. Já os produtos que são fiscalizados pelo peso e metragem, são recolhidos para testes.

Conforme Lessa, duas marcas de cola (Pritt e Tris) já foram periciadas e aprovadas nos testes realizados no laboratório da Agência.

Para a pedagoga Marizete Barbosa, a operação ajuda o consumidor a ter mais segurança no momento da compra. “Este trabalho do Inmetro garante a nós consumidores a certeza de que vamos pagar pelo que realmente levamos.

Sempre procuro adquirir produtos de determinadas marcas que já conheço e confio, mas mesmo assim é necessário acompanhar o resultado da fiscalização”, diz.

Além dos materiais escolares, a AEM/MS também está fiscalizando os uniformes, para verificar se as etiquetas e os tecidos correspondem às normas da resolução do Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Conmetro).

Segundo o diretor-presidente da AEM/MS, Ademir de Sousa Osiro, se o consumidor suspeitar de qualquer problema no que diz respeito às etiquetas das roupas ou à quantidade do produto relacionada à informação no rótulo, deve ligar para a Ouvidora por meio do telefone 0800 67 52 20. A ligação é gratuita. “

Anualmente faz parte da rotina do Inmetro fiscalizar diversos segmentos e nessa época do ano não é diferente. Com a volta às aulas, precisamos informar o que está sendo fiscalizado em defesa ao consumidor”, enfatiza Osiro. O resultado da Operação será divulgado no dia 29 de janeiro.AEM

Leia Também

PICTURE SEO E SEUS BENEFÍCIOS
Os benefícios de SEO para comércio eletrônico
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mãe entra na sala de casa e flagra filha de 13 anos fazendo sexo oral no padrasto bombeiro
LIÇÕES DA BÍBLIA
O chamado de Abraão
CARRO DESGOVERNADO
Aluno de 13 anos é atropelado e prensado contra muro de colégio por carro desgovernado
SOB INVESTIGAÇÃO
Amigos saem para pescar e encontram cadáver boiando em rio
DESASTRE AÉREO
Diretor da UPA que sofreu acidente aéreo no Pantanal morre em hospital
COVID-19
Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas
+ AUMENTO
Gasolina sobe pela 8ª semana seguida nos postos, aponta ANP
PAN AMERICANO JUNIOR
Atleta de MS carregará as cores do Brasil no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos Júnior
LIÇÕES DA BÍBLIA
Prefácio de Deuteronômio