Menu
SADER_FULL
domingo, 11 de abril de 2021
Busca
Brasil

Lula diz que criança é prioridade na área social

17 Jul 2004 - 07h08
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirma que pretende discutir, na próxima semana, com os ministros da área social com o objetivo de "decretar uma guerra" contra os problemas no setor. Segundo Lula, a prioridade são as questões envolvendo crianças, adolescentes e jovens.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o presidente ressaltou que a "guerra" é contra o estado de calamidade que envolve milhões de crianças no Brasil. "É preciso encontrar um carro-chefe" para as políticas de proteção aos menores", destacou Lula.

Segundo ele, quem tem 44 programas termina não tendo nenhum. "É melhor definir uma política que seja o carro-chefe e, atrás dela, ter outras políticas, do que você ficar tentando em cada ministério cuidar de um pedacinho daqui, um pedacinho dali", enfatizou.

O presidente, porém, não comentou o fato de o Ministério do Desenvolvimento Social ter sido criado, em janeiro, justamente com esse fim agregador ou que o Fome Zero e, posteriormente, o Bolsa-Família teriam, em tese, a função de "carro-chefe".

 

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore
CONTAMINAÇÃO
Igrejas superam mercado e consultório médico em risco de transmissão de Covid-19, aponta estudo
CRISE NA PANDEMIA
Número de brasileiros que vivem na pobreza quase triplicou em seis meses, diz FGV