Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 28 de novembro de 2021
Busca
Brasil

Caarapó promove Dia de Combate à Violência Sexual

8 Out 2009 - 15h10Por Fátima News, com Assessoria

A prefeitura de Caarapó, através da Secretaria de Ação Social, comemorou na última terça-feira o Dia Estadual de Combate à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes. Foram realizadas diversas atividades, como panfletagem, adesivagem, blitz educativa no centro da cidade e  colocação de faixas enfocando a campanha.

 

 

 

As atividades foram realizadas com o objetivo de conscientizar a população caarapoense sobre a violência sexual acometidas contra crianças e adolescentes, assim como a importância das denúncias.

 

 

 

O trabalho foi realizado pelos membros da Comissão Municipal de Combate e Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual, Conselho Tutelar; do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), equipe do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS), integrantes do ProJovem e da Secretaria Municipal de Ação Social.

 

 

 

Segundo a secretária de Ação Social, Évinei Arce da Silva Oliveira, a intenção é destacar a data para mobilizar e convocar toda a sociedade a participar dessa luta de prevenção e combate à violência sexual contra crianças e adolescentes, pois ninguém está livre de ser atingido por essa situação. “É preciso formar uma consciência nacional para denunciar e romper com esse ciclo de violência e proteger as crianças e os adolescentes brasileiros”, falou.

 

 

 

De acordo com a coordenadora do CREAS em Caarapó, Luciene Cavalheiri, “infelizmente essa uma realidade brasileira, mas ações como esta são uma forma de quebrar o muro do silêncio e uma maneira de inibir um pouco mais  os agressores”.

 

 

 

Já o prefeito Mateus Palma de Farias (PR) disse que as crianças e os adolescentes vulneráveis a esse tipo de violência sofrem danos irreparáveis para o seu desenvolvimento físico, psíquico, social e moral. “Esses danos podem trazer consequências penosas em suas vidas, como a vergonha, indignação, uso de drogas, gravidez precoce indesejada, rejeição por familiares, distúrbios de comportamento, condutas anti-sociais e infecções por doenças sexualmente transmissíveis. E diante desta situação não podemos cruzar os braços para esta realidade. Precisamos agir”.  

 

 

 

Em Caarapó, o atendimento psicossocial às vítimas e famílias é feito pelo CREAS, que conta com equipe especializada formada por  psicóloga, assistente social e educadora. Para denunciar eventuais casos de abuso contra criança ou adolescente, basta ligar para o CREAS no telefone 3453-1387, Conselho Tutelar  - 3453-1192, Polícia Militar - 190 ou no disque-100.

 

 

 

Leia Também

COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho
MANIACO SEXUAL
Homem é filmado passando a mão em mulher no meio da rua
+ AUMENTO
Conta de luz deve subir mais de 20% no ano que vem, estima ANEEL