SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 16 de Janeiro de 2018
RIO_DOURADOS
SADER_FULL
16 de Setembro de 2013 07h39

Sobrecarregada, telefonia celular está à beira do colapso no Estado

Com as antenas cada vez mais sobrecarregadas, a telefonia móvel em Mato Grosso do Sul vai de mal a pior.

Correio do Estado

Com as antenas cada vez mais sobrecarregadas, a telefonia móvel em Mato Grosso do Sul vai de mal a pior. A reportagem está na edição de hoje (16) do jornal Correio do Estado. Prova disso são os problemas constantes de queda de ligação, falta de sinal e internet 3G que não funciona satisfatoriamente. Em Mato Grosso do Sul, a média é de quatro mil linhas telefônicas para cada antena instalada no território estadual. O ideal, segundo a União Internacional de Telecomunicações (UIT), seria mil linhas para cada antena.

Em menos de 15 dias, usuários das operadoras Vivo e Claro tiveram problemas. As operadoras tratam como questões pontuais.

Sem antenas suficientes para as linhas existentes, outro agravante é a mudança da demanda. Cresceu entre a população o uso do celular para a comunicação por meio da internet.

“Celular foi feito pra falar. Hoje, o que menos se faz é falar”, diz o engenheiro eletricista e coordenador da Câmara de Engenharia Elétrica e Mecânica do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-MS), Paulo Amaral.

“O que está acontecendo é o aumento do tráfego de informação. O pessoal usa o celular para acessar as redes sociais, e-mails, para se conectar à internet. O volume de informação trafegando está sobrecarregando o sistema, que não está acompanhando as mudanças”, completa Amaral.

Comentários
Veja Também
LOJA_02
ÓTICA_DOURADOS
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Últimas Notícias
  
LÉO_GÁS_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.