Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Secretário de Governo deu início à operação que prendeu o prefeito

1 Set 2010 - 10h02Por Diário MS

O secretário de Governo de Dourados, o jornalista Eleandro Passaia, foi quem deu início à Operação Uragano (furacão em italiano) desencadeada nesta manhã pela Polícia Federal e que resultou na prisão do prefeito Ari Artuzi (PDT), da primeira-dama Maria Freitas, de 8 vereadores e 5 secretários municipais, além de empresários e prestadores de serviço à prefeitura.

De acordo com relato feito ao radialista Antonio Coca, da rádio Grande FM, o secretário de Governo decidiu procurar a Polícia Federal e denunciar esquema de corrupção, recebimento e pagamento de propina. Ele estava inconformado com determinações feitas pelo prefeito.

A partir daí, com seu consentimento, seu telefone celular foi grampeado e ele começou a agir, gravando entrega de propina para vereadores. Os vídeos estão em poder da Polícia Federal.

Eleandro Passaia pretende conceder entrevista amanhã. O Diário MS apurou que ele não quer ser comparado a episódio semelhante ocorrido no Distrito Federal.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico