Menu
SADER_FULL
sábado, 20 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Reivindicação de professores não deve prejudicar alunos

24 Abr 2007 - 15h29
O governo do Estado está recomendando às escolas estaduais para que não prejudiquem o calendário de aulas dos alunos com a paralisação dos professores, que acontecerá esta semana, em virtude da reivindicação por salários melhores.
 
A secretária de Estado de Educação, professora Nilene Badeca da Costa, não quer que os alunos sejam prejudicados, pois o calendário de aulas já está definido. “Estamos recomendando aos gestores e diretores das escolas para que ponderem. A escola deve enviar um representante a Brasília. Mas os alunos não devem ficar sem aula”, enfatizou a secretária.
 
A Secretaria não autorizou a participação de alunos menores de 18 anos nas manifestações. Os professores estão se mobilizando para participar de uma “marcha nacional”, com o objetivo de reivindicar um piso salarial de R$ 1.050,00, em vez do piso de R$ 850,00 que o governo federal propôs.
 
 
Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

DISPUTA ACIRRADA
Vox Populi: Distância cai para 6 pontos
AGRESSÃO
Justiça manda penhorar bens de Dado Dolabella para pagar indenização a camareira agredida
HOMICÍDIO - 17 TIROS
Empresário é morto com 17 tiros; acusados estão detidos
ACIDENTE DE TRANSITO
Carros capotam após batida; criança de 5 anos ficou ferida
POLITICA
TSE abre investigação para apurar suposto crime eleitoral de Bolsonaro
FAMOSIDADES
Jair Bolsonaro teria causado a separação de Neymar e Bruna Marquezine
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Após suborno e tentativa de estupro, Remy se entrega a polícia para deixar Luzia livre
REALITY SHOW
Perlla é eliminada de A Fazenda com 22,64% dos votos
RETA FINAL
'Segundo sol': Antes de ir para a cadeia, Luzia pede: 'Continuem procurando por Remy! Ele está vivo!
CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'