Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Projeto do coselho está aberto a mudanças, diz Fenaj

21 Ago 2004 - 10h22
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva só irá retirar do Congresso Nacional o projeto que cria o Conselho Federal de Jornalismo se houver uma solicitação explícita da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), afirma o presidente da entidade, Sérgio Murillo. Segundo Murillo, a Fenaj foi informada oficialmente da decisão do presidente Lula na semana passada, pelo secretário de Imprensa da Presidência, Ricardo Kotscho. A federação, porém, garante que não vai pedir que o projeto seja retirado do Congresso. “Não faz sentido, depois dessa luta, pedir que o projeto saia da Câmara. Seria um retrocesso de 20 anos”, enfatizou Murillo.

A Fenaj garantiu estar disposta a incorporar as mudanças ao projeto sugeridas durante os debates no Congresso Nacional. “Se fosse uma decisão arbitrária, nós teríamos pedido para o presidente baixar uma lei por meio de decreto ou Medida Provisória. Censura é não fazer o debate”, criticou. Sergio Murillo disse que a Fenaj está procurando líderes do governo e da oposição no Congresso para garantir a tramitação do projeto.

Segundo ele, a idéia da Federação é apresentar a versão do Conselho que não vem sendo discutida “de forma clara” pela mídia. “Eu tenho que tentar sensibilizar os líderes a favor do projeto. Se eles acharem que é importante alterar algum ponto, nós alteramos, não tem problema”, disse.

O projeto que cria o Conselho Federal de Jornalismo foi enviado pelo governo ao Congresso Nacional no dia 05 de agosto. Enquanto os sindicatos e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) saem em defesa do texto, as entidades que representam as empresas jornalísticas e parte da própria categoria criticam a criação do Conselho.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos