Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 18 de janeiro de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Previdência poderá ser atividade essencial em greves

5 Ago 2004 - 13h43
A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público está analisando o Projeto de Lei 3879/04, do deputado Celso Russomanno (PP-SP), que inclui a Previdência Social nas atividades essenciais à população durante o período de greve.
A proposta altera a lei sobre o exercício do direito de greve. Atualmente, essa norma define que, durante a paralisação, os sindicatos, empregadores e trabalhadores ficam obrigados, de comum acordo, a garantir, durante a greve, a prestação dos serviços indispensáveis ao atendimento das necessidades inadiáveis da população.

Perigo iminente
Pelo texto, são necessidades inadiáveis da comunidade aquelas que, não atendidas, coloquem em perigo iminente a sobrevivência, a saúde ou a segurança da população. A lei considera serviços ou atividades essenciais o tratamento e abastecimento de água; produção e distribuição de energia elétrica, gás e combustíveis; assistência médica e hospitalar; distribuição e comercialização de medicamentos e alimentos; funerários; transporte coletivo; captação e tratamento de esgoto e lixo; entre outros.

Rotina de humilhações
O autor da proposta explica que respeita o direito dos servidores de se mobilizarem em torno da melhoria de suas condições de trabalho e sabe o quanto elas são penosas em algumas áreas do serviço público. Porém, para o deputado, o legítimo exercício do direito de greve não pode ignorar a rotina de vexames, humilhações e sofrimento a que são submetidos os segurados da Previdência Social. "Os contribuintes e consumidores não podem ser abandonados em longas filas, madrugadas frias a dentro, dias inteiros, jogados ao chão, doentes, com fome e frio, à espera de atendimento", afirma.

Tramitação
Na Comissão de Trabalho, foi designado como relator o deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA). A proposta, que tramita em caráter conclusivo, foi apensada ao projeto de lei 1418/03, do ex-deputado Rogério Silva, que inclui como serviço ou atividade essencial à população o atendimento ao segurado da Previdência e Assistência Social. O projeto será examinado ainda pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA ANDRADINA - TURISMO
Ciclistas de Nova Andradina pedalam mais de 750 km para chegar ao litoral catarinense
FÉRIAS DOS FAMOSOS
De biquíni, filha de Glória Pires ostenta corpão em férias
CAMPO BELO RESORT - PACOTE ESQUENTA
Esquenta de Carnaval é no Campo Belo Resort, confira o pacote e faça sua reserva
CANCELAMENTO DE BOLSA FAMILIA EM 2019
Governo federal cancelou 1,3 milhão de benefícios do Bolsa Família em 2019 por irregularidades
CELULAR
Brasil é o 3º país em que pessoas passam mais tempo em aplicativos
A CASA CAIU
Mulher acha que marido morreu, busca detetive e descobre traição: 'Agora é ex'
LUTO - IASD
Morre primeiro líder máster de desbravadores investido no Brasil
OVNI OU SATÉLITE?
Objetos não identificados no céu chamam a atenção de moradores
SANGUE FRIO
Homem mata desafeto e continua vendendo picolé nas ruas da cidade
PERIGO DA NARGUILÉ
Jovem contrai doença após fumar narguilé e alerta: 'Abandonem essa porcaria'