Menu
SADER_FULL
domingo, 17 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Preço do álcool cai 20% no ano e é mais vantajoso em 13 Estados

19 Jul 2010 - 16h18Por Folha Online

Com a queda média de 19,84% no preço do litro do álcool combustível em todo o país, de janeiro a julho, abastecer com álcool combustível é mais vantajoso em 13 Estados, de acordo com levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo), baseado nos valores cobrados nos postos de combustíveis.

Para os consumidores da Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins, deixar a gasolina de lado para usar álcool é compensador.

Cálculos de especialistas, baseados no poder calorífico dos combustíveis, apontam que o álcool é competitivo até chegar a 70% do preço da gasolina. Para fazer a conta, deve-se dividir o preço do álcool pelo da gasolina. Se o resultado ficar acima de 0,70, o álcool deixa de ser vantajoso.

Em Alagoas, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e Distrito Federal os preços estão equilibrados. Nos demais a gasolina ainda é vantajosa.

O preço médio do litro do álcool combustível em São Paulo ficou em R$ 1,291 na semana passada, segundo o monitoramento da ANP.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat