Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

MS consumiu US$ 189 milhões em defensivos

15 Jul 2004 - 13h00
Mato Grosso do Sul consumiu no ano passado US$ 189 milhões em defensivos agrícolas no ano passado, segundo dados do Sindag (Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Agrícola). Isso representa 6% de participação em toda a venda do produto em âmbito nacional, de acordo com o presidente da entidade, José Roberto da Ros.
De olho no período de plantio da próxima safra de soja e outras culturas de verão, a entidade alerta para os riscos aos quais os produtores que compram produtos clandestinos estão sujeitos. Sem o grau de precisão adequado, esses produtos podem, além de prejudicar o meio ambiente e comprometer a qualidade da produção para o consumo humano, também afetar a própria lavoura, causando grandes perdas.
Considerando a participação de Mato Grosso do Sul no mercado regular, os defensivos piratas movimentam pelo menos US$ 3 milhões no Estado (de US$ 50 milhões nacionais). Porém, pondera Ros, a grande representação agrícola e proximidade da fronteira com o Paraguai podem fazer do Estado um consumidor mais voraz dos produtos clandestinos. O contrabando é estimulado pelos preços até 40% mais baratos, diferença calculada em função desses defensivos não recolherem impostos.
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário