Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 26 de março de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Invasor da maratona é julgado por pedofilia

27 Out 2004 - 13h55

O ex-padre irlandês que atrapalhou o brasileiro Vanderlei de Lima na maratona da Olimpíada de Atenas chorou, nesta quarta-feira, em seu julgamento e negou que tenha molestado crianças sexualmente.

Cornelius Horan disse que as acusações de que teria pedido que uma garota de 7 anos acariciasse seu pênis não são verdadeiras.

"Eu peço que Deus me atinja nesse momento se eu sou alguém capaz de fazer algo assim. Não aconteceu nada disso", disse ele, em lágrimas.

Ele nega que qualquer ato de abuso contra a criança tenha acontecido quando recebeu a visita em seu quarto de uma freqüentadora da igreja e sua filha em 1991.

O ex-padre admitiu ter ficado nu durante a visita e "ter brincado de esconde-esconde" com as duas, antes de tomar chá com bolos e assistir a um filme religioso em vídeo.

Horan disse que desenvolveu uma relação especial com a mãe da criança quando ela se converteu ao catolicismo e passou a freqüentar sua igreja.

Segundo o ex-padre, eles discutiam diversos assuntos, incluindo o culto ao demônio.

Mas ele negou sentir qualquer atração sexual pela mulher. "Nunca tive relações sexuais com qualquer ser humano e vou manter meu voto de celibato até o dia da minha morte", disse ele no tribunal.

Banho

Horan disse que mãe e filha chegaram cedo a seu quarto e minutos depois ele foi tomar banho.

Ele usava roupas de baixo e camiseta. A mulher teria feito um comentário. "Ela disse: 'você deveria tirar tudo agora', e eu tirei. Talvez eu seja um pouco inocente. Eu a levei a sério. Fiquei impressionado por ela não ter ficado surpresa. Seguimos como se eu estivesse vestido", contou.

Logo depois dos Jogos Olímpicos, em agosto, Horan foi multado e recebeu uma pena de prisão suspensa de um tribunal na capital grega, Atenas, por ter atrapalhado a maratona.

O corredor brasileiro liderava a prova, mas acabou em terceiro lugar depois do incidente.

Horan afirmou que interferiu na maratona para chamar a atenção para a volta de Jesus Cristo à Terra.

 

 

BBC Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATENÇÃO PAIS
​​Boneca Momo: maneiras de evitar o contato com as crianças
FAMOSIDADES
Faustão dispara contra Bolsonaro: 'Não tem competência'
ALERTA AOS PAIS
Adolescente é apreendido após ameaça de ataque em escola
CRIME ENCOMENDADO
VÍDEO: Câmera de segurança registra execução de revendedor de veículos
ACIDENTE FATAL
Rapaz morre em acidente de moto no dia do seu aniversário
ALERTA
Jovem morre afogado após pular de ponte durante brincadeira com amigos
SATÂNICO
Garoto de 11 anos se mata após conversar com a mãe sobre a Momo
FATIMA DO SUL - JULIFRAN
Julifran Restaurante promete chopp grátis a cada gol de Borja sobre Novorizontino
BONITO - MS - AGÊNCIA BONITO ECO TOUR
Faça o que lhe faz bem! Viaje para Bonito MS!
CIUMES
Marido vê foto de outro no celular e agride mulher na cabeça e a joga para fora do carro