Menu
SADER_FULL
sábado, 19 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Governo lança campanha de monitoramento a ferrugem da soja

18 Out 2004 - 16h57
A Secretaria de Estado da Produção e do Turismo (Seprotur), visando garantir mais segurança e evitar futuros prejuízos para o produtor de soja de Mato Grosso do Sul, vai lançar amanhã, dia 19, a partir das 8h30 no Novotel, localizado a avenida Mato Grosso, o Programa Estadual de Monitoramento da Ferrugem da Soja.

Todo esse trabalho está sendo desenvolvido pela própria Seprotur que, em parceria com a Embrapa/CPAO, Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), Idaterra, DFA, Famasul, Fundação Chapadão, Fundação MS, UEMS, Uniderp, UCDB, Sindicatos Rurais, Cooperativas, Secretarias Municipais de Agricultura, Associação dos Engenheiros Agrônomos, Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar) e Bayer Cropscience, espera combater de forma eficiente e em tempo hábil possíveis contaminações das lavouras na próxima safra.

O superintendente de agricultura e pecuária da Seprotur, Benedito Mário Lázaro, explicou que a doença é, hoje, um dos principais motivos de preocupação dos agricultores, porque se trata de um fungo que se espalha com muita facilidade. “Uma lavoura contaminada chega a perder 10% de toda sua produção por dia. É um prejuízo muito grande se for colocado na ponta do lápis, porém quando monitorado pode garantir mais segurança para o produtor”, assegura.

Estratégia - Para evitar o avanço da ferrugem será criado um sistema de identificação, as chamadas áreas de “sentinelas”. Para isso o Estado foi dividido em quatro regiões – Maracajú, Naviraí, Dourados e Chapadão do Sul – para atender com mais eficiência a necessidade dos produtores. Cada uma das áreas irá trabalhar com um laboratório equipado, onde serão executadas as análises do material colhido.

A coleta desse material (folhas), será efetuada semanalmente pelo próprio agricultor ou técnico e encaminhada a um ponto de recolhimento ou laboratório. Conforme antecipa Dito Mário,superintendente de Agricultura e Pecuária da Seprotur, “a meta é que a resposta em relação à presença do fungo saia em 24 horas após envio para análise. A idéia principal é de tentar descobrir se a lavoura está ou não infectada e a partir daí servir como alarme para os demais produtores”.

Conforme informações da Embrapa Dourados, só na última safra, o fungo contaminou 3,4 milhões de toneladas do grão e foi responsável por um prejuízo próximo a US$ 750 milhões.

Capacitação - Desde a última semana estão sendo realizadas reuniões técnicas pelo interior do Estado onde engenheiros agrônomos, técnicos agrícolas e a iniciativa privada estão sendo preparados para participar do programa. O conteúdo baseia-se nos conhecimentos teóricos a respeito da doença. “É fundamental a participação de todos. Estamos esperando o maior número possível de profissionais afinal, disseminar o conhecimento pode ser uma forma de prevenção”, alega o gerente de defesa sanitária vegetal do Iagro, Gonçalo Sabino Lima Lobo.

As primeiras reuniões aconteceram em Chapadão do Sul e São Gabriel do Oeste. Amanhã, terça-feira, o encontro vai acontecer em Campo Grande, durante o lançamento da campanha no Novotel. Até o fim desse mês mais cinco cidades deverão receber os capacitadores, são elas: Naviraí, dia 21, Ponta Porã, dia 22, Amambaí, dia 25, Maracajú, dia 26 e Dourados, no dia 28.

Já os agricultores serão capacitados pela Fundação Educacional para o Desenvolvimento Rural (Funar), que estará dando palestras nos principais municípios produtores em parceria com os Sindicatos Rurais.

PROGRAMAÇÃO
Dia 19.10.04
8h30 – Lançamento do Programa de Controle de Ferrugem da Soja
9h – Coletiva a imprensa local
10h30 – Início do Simpósio de Doenças de Soja – Bayer Cropscience
12h – Almoço
13h30 – Reinício dos trabalhos
17h30 – Encerramento
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares