Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 21 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Etanol também subiu nas bombas dos postos de Dourados

29 Out 2010 - 15h06Por Agência Estado
No mesmo ritmo do reajuste do açúcar para o consumidor também vem aumentando o preço do etanol nas bombas dos postos de combustíveis locais. Em um deles o preço para o consumidor no dia 12 de outubro subiu para R$ 1,79; no dia 13 para R$ 1,86 e no dia 24 para R$ 1,89. Há previsão de novas altas em novembro ou dezembro de R$ 0,10 por litro.

De acordo com notícia veiculada pela Agência Estado no dia 19 de outubro deste ano os tempos do etanol barato devem ficar cada vez mais distantes do consumidor. Ao contrário dos últimos anos, em que o preço poderia variar até 100% entre a safra e a entressafra, a expectativa para os próximos 12 meses é de preços em níveis elevados, independentemente do período. Só nas últimas quatro semanas o preço médio do etanol subiu 10% no estado de São Paulo e 6,1% no país, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Até o fim do ano, o custo do combustível na bomba deve subir ainda mais e permanecer alto por todo o primeiro trimestre.

Com o início da safra, entre março ou abril, pode haver um pequeno arrefecimento, mas nada comparado às fortes quedas verificadas em períodos anteriores. Em janeiro deste ano, o preço médio no Brasil era de R$ 1,915 o litro. Em junho, estava em R$ 1,537. "Não devemos ter variações desse tipo no ano que vem. A tendência é o preço ficar mais linear", afirmou o diretor técnico da União da Indústria da Cana de Açúcar (Unica), Antônio de Pádua Rodrigues.

A explicação para a tendência de alta dos preços está na oferta de cana em 2011. Na melhor das hipóteses, diz Pádua, a próxima safra será igual à deste ano. Depois da corrida verificada em meados da década, a crise iniciada em 2008 reduziu o apetite dos investidores. No ano passado, 19 usinas foram inauguradas. Neste ano, serão 10 e, em 2011, apenas 4.

Outro fator é o envelhecimento dos canaviais, que reduz a produtividade do setor. Para recuperá-los, os agricultores terão de reduzir a área plantada no próximo ano para ter algum resultado em 2012, destaca o executivo. Além disso, com o clima mais úmido, pode haver uma proliferação da praga chamada Ferrugem Alaranjada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA SENDO REPRESENTADA NO RJ
Vicentina será representada no Internacional de Masters South América de Jiu-jitsu no Rio de Janeiro
POLITICA
'Falar que passa-se fome no Brasil é uma grande mentira', afirma Bolsonaro
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso