Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Estado garante que paga amanhã Bolsa Universitária a índios

14 Jun 2007 - 15h11

O governo do Estado, por meio da assessoria de comunicação, informou há pouco que não suspendeu o pagamento das Bolsas Universitárias aos indígenas e que ele será efetuado até amanhã. Ainda de acordo com o Estado, a manifestação dos indígenas é "iminentemente política" e está relacionada a questões da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul).

Segundo a Setass (Secretaria Estadual de Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária), desde ontem os universitários foram informados pelo governo, durante uma reunião com uma comissão da UEMS, de que o pagamento das bolsas seria realizado nesta sexta-feira. Desta forma, o governo está estranhando a manifestação, pois já havia garantia de pagamento.

De acordo com o governo, o Bolsa Universitária Indígena foi o primeiro programa social que teve sua continuidade garantida pelo governador André Puccinelli (PMDB). São 116 bolsas em 2007 e deste total, 97 estão aptos a receber o pagamento, o restante ainda não entregou a documentação necessária.

Conforme o Estado, o retardamento da liberação de recursos deve-se à demora dos indígenas em encaminhar à UEMS todos os documentos para a abertura das contas bancárias. O governo teria constatado que, dos 104 alunos beneficiados em 2006, somente 52 preenchiam os requisitos necessários para os programas.

Ainda segundo a Setass, nunca houve suspensão do Bolsa Universitária para os indígenas, sendo que os manifestantes conheciam os prazos para a liberação dos recursos. "O governo tem sido tolerante nos prazos para entrega de documentação, mas precisa cumprir o que prevê o decreto do Bolsa Universitária e as normas bancárias para realizar os pagamentos", diz nota oficial.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos