Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 14 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Dunga resgata base do Santos para amistoso contra a Turquia

5 Jun 2007 - 08h35

No amistoso contra a Turquia, hoje, às 15h15, em Dortmund (ALE), Dunga deve resgatar uma base que encantou no Santos mas fracassou com a camisa da seleção brasileira.

O treinador, desta vez, não anunciou sua formação titular --diz que vai fazer isso só uma hora antes de a bola rolar--, porém irá cumprir a promessa de fazer muitas mudanças em relação ao time que empatou com a Inglaterra na sexta-feira, e os ex-santistas Alex, Elano, Diego e Robinho estão na lista de favoritos para começar o jogo.

O quarteto brilhou no título brasileiro de 2002 e no vice da Libertadores (competição que o time tem a chance de ganhar agora) em 2003. Mas também eram os pilares do time sub-23 que fez campanha pífia e não conseguiu classificação, no Pré-Olímpico do Chile, para os Jogos Olímpicos de Atenas.

Na ocasião, Robinho abaixou o calção de Diego em brincadeira que virou o símbolo de imaturidade daquele time para gente como Zagallo, então coordenador do time principal.

"Jogamos quatro ou cinco anos juntos no Santos. Vamos ver se repetimos na seleção o que fizemos no clube", declara Robinho. Diego diz que será "ótimo se o quarteto for escalado", mas que o mais importante é jogar pela seleção.

O quarteto que jogou pelo Santos não tem desempenho uniforme em seus clubes atuais. Os dois que menos chances tiveram com Dunga brilham na Europa. Os dois "queridinhos" do treinador ainda patinam no continente.

O meia Diego acaba de ser eleito o melhor jogador do último Campeonato Alemão pelo Werder Bremen. O zagueiro Alex, depois de boas temporadas no PSV, está de malas prontas para defender o inglês, e milionário, Chelsea. Já o atacante Robinho é bastante irregular no Real Madrid, enquanto o meia Elano pena para ser titular absoluto do modesto Shaktar Donetsk, da Ucrânia.

Ontem, no treino de reconhecimento do gramado, Dunga não realizou um minicoletivo com a formação que vai começar a partida, como geralmente fez até agora.

A atividade teve ensaios táticos e também um "rachão" com a participação do auxiliar técnico Jorginho em um dos times.

"Vamos conversar com os jogadores, já que muitos estão em fim de temporada, para depois decidir sobre a escalação", declarou Dunga no site da CBF.

Ele defendeu sua política de muitas mudanças de uma partida para outra ou até durante os jogos. "Isso está dentro do que sempre foi planejado. O jogador só pode mostrar que tem condições de vestir a camisa da seleção se for escalado. É o que estamos procurando fazer nos amistosos", afirmou.

O confronto de hoje é o último da seleção brasileira antes do início da Copa América. A lista definitiva para a competição será anunciada amanhã. Os treinos em Teresópolis (RJ) para o certame começam no dia 12, e o embarque para a Venezuela será no dia 20, seis dias antes da abertura do torneio.

BRASIL
Helton; Maicon, Alex, Naldo e Marcelo; Edmílson, Josué, Diego e Elano; Robinho e Afonso.
Técnico: Dunga

TURQUIA
Rüstü; Altintop, Zan, Cetin e Uzulmez; Marco Aurelio, Karadeniz, Bastürk e Turan; Sanli e Sukur.
Técnico: Fatih Terim

Local: Westfalenstadion, em Dortmund
Horário: 15h15
Árbitro: não divulgado

NA TV - Brasil x Turquia, Globo, ao vivo, às 15h15

 

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS
NOVA EQUIPE
Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília
ESPORTE EM TOUROS
VÍDEO: Peão de MS morre após ser pisoteado por touro em rodeio no interior de SP