Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 25 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Combustíveis ficam mais caros a partir de amanhã

31 Ago 2004 - 08h36
 

Os combustíveis (gasolina, óleo diesel e álcool) devem subir em torno de R$ 0,01 (um centavo) a partir de amanhã, dia primeiro de setembro, por conta do aumento do valor da pauta estabelecida pelo governo como parâmetro para o recebimento de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias) em Mato Grosso do Sul.

A portaria, estabelecendo a pauta, que passa a vigorar a partir do dia primeiro, foi publicada na semana passada pela Secretaria Nacional d Política Fazendária – Confaz. De acordo com ela, a gasolina passa de R$ 2.3297 para R$ 2.3745; o óleo diesel, de R$ 1,6498 para R$ 1,6659 e o álcool, de R$ 1,5165 para R$ 1,5684.

A estimativa de alta em torno de R$ 0,01 é do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Automotivos, Lubrificantes e Lojas de Conveniências de Mato Grosso do Sul – SINPETRO. Lembrando entretanto que: como os preços estão liberados, cada empresário deverá fazer uma análise de seus custos para estabelecer seus preços. Ou seja, poderão ou não aplicar esse ou outro índice de reajuste.

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

MOSTRA MONITORAMENTO
Caminhoneiros se mobilizam para nova paralisação
CRIME NA MADRUGADA
Mulher é brutalmente assassinada; carro foi visto deixando o local
CRIMINOSO FORAGIDO
Homem invade apartamento para roubar e estupra adolescente
FAMOSIDADES
Leonardo não foi ao casamento da filha, Jéssica, porque se irritou com o "cache" recebido pelo casal
DOENÇA TERRIVEL
Jovem com câncer terminal foge de hospital, realiza desejo de comer hambúrguer e morre
SUICIDIO
Técnica de enfermagem tira a própria vida dentro de banheiro de hospital
PACOTE PÁSCOA NO CAMPO BELO RESORT
Campo Belo Resort com pacote especial para a PÁSCOA, Confira aqui e já faça sua reserva
CORAJOSA
Mulher reage a assalto e dá surra em bandido
DESUMANIDADE
Motorista morre em acidente com caminhão e carga de frango é saqueada
LOTERIA
Loterias do final de semana podem pagar mais de R$ 23 MILHÕES