Menu
SADER_FULL
terça, 25 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Combustíveis ficam mais caros a partir de amanhã

31 Ago 2004 - 08h36
 

Os combustíveis (gasolina, óleo diesel e álcool) devem subir em torno de R$ 0,01 (um centavo) a partir de amanhã, dia primeiro de setembro, por conta do aumento do valor da pauta estabelecida pelo governo como parâmetro para o recebimento de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias) em Mato Grosso do Sul.

A portaria, estabelecendo a pauta, que passa a vigorar a partir do dia primeiro, foi publicada na semana passada pela Secretaria Nacional d Política Fazendária – Confaz. De acordo com ela, a gasolina passa de R$ 2.3297 para R$ 2.3745; o óleo diesel, de R$ 1,6498 para R$ 1,6659 e o álcool, de R$ 1,5165 para R$ 1,5684.

A estimativa de alta em torno de R$ 0,01 é do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Automotivos, Lubrificantes e Lojas de Conveniências de Mato Grosso do Sul – SINPETRO. Lembrando entretanto que: como os preços estão liberados, cada empresário deverá fazer uma análise de seus custos para estabelecer seus preços. Ou seja, poderão ou não aplicar esse ou outro índice de reajuste.

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

VEICULO ROUBADO
Carro roubado é arrastado por onibus; suspeito ficou gravemente ferido
AMEAÇAS
Marilia Mendonça Denuncia ameaças após aderir à campanha contra Bolsonaro
FATALIDADE
Adolescente sai para jogar futebol com amigos e morre afogado
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Maura fala sobre transar com homem: 'Detestei'
CORRIDA SUCESSÓRIA
Ibope mostra Bolsonaro estagnado com 28% e Haddad cresce 3 pontos e vai a 22%
FUTEBOL
Pela sexta vez Marta é eleita a melhor jogadora do mundo
FUGA FRACASSADA
Tentativa de fuga termina com agente de cadeia e detentos feridos
ASSASSINATO
Por quebrar "pacto de sangue" homem é assassinado juntamente com amigo
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Mistérios sobre passado de Karola começam a ser revelados
CORRIDA PRESIDENCIAL
Haddad continua disparada em pesquisa do BTG e se consolida no 2º turno