Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 20 de março de 2019
prefeitura VICENTINA Março 2019
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Bancada federal do PMDB é coagida a votar, diz Waldemir Moka

25 Out 2004 - 17h49
 

O deputado federal Waldemir Moka (PMDB) diz que o ministro das Comunicações, Eunício de Oliveira, que é do partido, chegou a ameaçar de rompimento para forçar a bancada na Câmara Federal a votar. O PMDB está obstruindo a pauta, negando-se a votar as numerosas medidas provisórias do governo Lula.

“Mas o nosso líder (José Rodrigues Borba, do Paraná) manteve a posição, sintonizado com a maioria da bancada”, elogiou Moka. De acordo com o sul-mato-grossense, o presidente nacional do partido, Michel Temmer, convocará nova reunião apenas após o segundo turno para decidir se a legenda mantém ou muda de posição e nisso estarão incluídos prefeitos, parlamentares e presidentes de diretórios de todo o país.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo