Menu
SADER_FULL
quarta, 16 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Bancada federal do PMDB é coagida a votar, diz Waldemir Moka

25 Out 2004 - 17h49
 

O deputado federal Waldemir Moka (PMDB) diz que o ministro das Comunicações, Eunício de Oliveira, que é do partido, chegou a ameaçar de rompimento para forçar a bancada na Câmara Federal a votar. O PMDB está obstruindo a pauta, negando-se a votar as numerosas medidas provisórias do governo Lula.

“Mas o nosso líder (José Rodrigues Borba, do Paraná) manteve a posição, sintonizado com a maioria da bancada”, elogiou Moka. De acordo com o sul-mato-grossense, o presidente nacional do partido, Michel Temmer, convocará nova reunião apenas após o segundo turno para decidir se a legenda mantém ou muda de posição e nisso estarão incluídos prefeitos, parlamentares e presidentes de diretórios de todo o país.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'
ALERTA
Smartphone afeta a saúde mental, e o dano pode começar em crianças de 2 anos!
TRAGÉDIA
“Tentei socorrer ele, mas não deu certo”: conta filho de motociclista levado por enxurrada
FURIA DA NATUREZA
Enxurrada derruba casa e provoca pânico e destruição
NOVELA GLOBAL
Gabriel e Valentina viram inimigos mortais em 'O sétimo guardião'
REALITY SHOW
BBB 19 começa hoje. Na Rocinha Casa de Darnrley vira "QG" de Torcida
POSSE DE ARMAS
Bolsonaro assina nesta terça-feira decreto que facilita posse de armas
HEROINA
Professora Helley, que salvou crianças de incêndio em Janaúba, é homenageada e dá nome a rodovia
FAMOSIDADES
Doente, José Mayer foi esquecido pela Globo e abandonado por ‘Amigos’