Menu
SADER_FULL
domingo, 15 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Bancada federal do PMDB é coagida a votar, diz Waldemir Moka

25 Out 2004 - 17h49
 

O deputado federal Waldemir Moka (PMDB) diz que o ministro das Comunicações, Eunício de Oliveira, que é do partido, chegou a ameaçar de rompimento para forçar a bancada na Câmara Federal a votar. O PMDB está obstruindo a pauta, negando-se a votar as numerosas medidas provisórias do governo Lula.

“Mas o nosso líder (José Rodrigues Borba, do Paraná) manteve a posição, sintonizado com a maioria da bancada”, elogiou Moka. De acordo com o sul-mato-grossense, o presidente nacional do partido, Michel Temmer, convocará nova reunião apenas após o segundo turno para decidir se a legenda mantém ou muda de posição e nisso estarão incluídos prefeitos, parlamentares e presidentes de diretórios de todo o país.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONCURSOS - OPORTUNIDADES
Concurso: 13 órgãos abrem as inscrições para 1,9 mil vagas nesta segunda
FOI SALVAR O MELHOR AMIGO
Jovem morre afogado após pular em rio para tentar salvar cachorro
EDUCAÇÃO - FIES - INSCRIÇÕES
Fies abre inscrições nesta segunda com 155 mil vagas para 2º semestre
BOA NOTICIA
Preço da gasolina nas refinarias cai para R$ 1,997
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Karola vira escrava sexual de Remy
BRIGA DE RUA
Homem morre pendurado em grade
FAMOSIDADES
Luan Santana faz declaração emocionante a Padre Fábio de Mello: ''Obrigada pelos dias maravilhosos''
ARTIGO - DIA DO ROCK
DIA DO ROCK - ARTIGO: 'Há um tempo atrás não muito distante...', por Lucio Gazola
DEUS SALVE O REI
Catarina é desmascarada por Afonso e é presa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Manu é sequestrada e decide trabalhar como traficante para ficar com bandidos