Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 23 de julho de 2021
Busca
eleição presidencial

Dilma empata com Marina no segundo turno, aponta pesquisa CNT/MDA

Nova pesquisa de intenções de voto das eleições presidenciais

9 Set 2014 - 11h05Por Folha

Nova pesquisa de intenções de voto das eleições presidenciais, divulgada nesta terça-feira (9) pela CNT (Confederação Nacional do Transporte), feita pelo instituto MDA, mostra a presidente Dilma Rousseff (PT) isolada na liderança no primeiro turno e empatada com a candidata do PSB, Marina Silva, no segundo turno.

Ambas cresceram no primeiro turno em relação à pesquisa anterior da MDA, divulgada no último dia 27, mas o crescimento maior ainda foi o de Marina –embora a ex-senadora não tenha aparecido, neste levantamento, empatada com Dilma na primeira etapa da corrida eleitoral, como ocorreu em recentes pesquisas do Datafolha e Ibope.

Dilma interrompeu uma oscilação negativa e subiu de 34,2% das intenções de voto para 38,1%, no primeiro turno. Já Marina manteve trajetória ascendente e foi de 28,2% para 33,5% das intenções de voto.

Já o tucano Aécio Neves ficaria com a terceira colocação na disputa: ele oscilou de 16% para 14,7%.

SEGUNDO TURNO

Em uma disputa no segundo turno entre Dilma e Marina, a petista aparece empatada tecnicamente com a ex-ministra do Meio Ambiente. Na pesquisa anterior, Dilma tinha 37,8% e, nesta sondagem, subiu para 42,7%.

Já Marina passou de 43,7% para 45,5%, oscilação dentro da margem de erro –que é de 2,2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Nos outros cenários de segundo turno, Dilma derrotaria Aécio por 47,5% a 33,7%. A candidata do PSB também derrotaria o tucano, por 52,2% a 26,7%.

A avaliação do diretor-executivo da CNT, Bruno Batista, é que a propaganda na TV e rádio ajudou na recuperação de Dilma, que também teve melhora na avaliação de governo.

Para o diretor da MDA, Marcelo Souza, o cenário tende a uma estabilidade nas intenções de votos para Marina e, no geral, o número de indecisos e de votos brancos e nulos já é baixo, o que dá menor margem para crescimento dos candidatos sobre esse eleitorado.

A pesquisa ouviu 2.002 eleitores entre os dias 5 e 7 de setembro e foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-00574/2014. O nível de confiança da pesquisa é de 95%.

REJEIÇÃO

A rejeição de Dilma também caiu e agora é menor que a de Aécio, ao contrário da pesquisa passada. Uma fatia de 41,7% do eleitorado diz não votar em Dilma de jeito nenhum, enquanto 43,5% dizem o mesmo em relação a Aécio.

Marina tem a menor rejeição entre os três: 31%.

Os entrevistados também foram questionados sobre o interesse na eleição. 20% disseram estar "muito interessado"; 30,3% se definem com "interesse médio"; 28,8% afirmam ter pouco interesse e 20,8% dizem não ter nenhum interesse. 0,1% não souberam ou não responderam.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUDELÇA DORNELLES FÁTIMA DO SUL - NOVO DECRETO
Fátima do Sul tem novo Toque de Recolher, Secretária fala sobre decreto, casos e vacinas, ASSISTA
AÇÕES DO GOVERNO MS
Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
PARQUE DOS PODERES AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Parque dos Poderes: Com asfalto novo, trecho da Avenida do Poeta é liberado
Fotos: Guilherme Pimentel, Seinfra AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo lança campanha 'Meu Estado, Meu Destino' para promover o turismo regional
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Investimentos do Governo na área habitacional melhoram a qualidade de vida de famílias de Bela Vista
MS FORTE
Azambuja afirma que MS será um dos primeiros estados a retomar atividades econômicas
AÇÕES DEPUTADA MARA CASEIRO
Após pedido de Mara Caseiro, escola recebe 10 computadores do governo estadual
MICROCRÉDITO
MS Contrata + abre pré-cadastro para programa de Microcrédito com juro zero
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Reinaldo Azambuja autoriza obras de pavimentação e recapeamento em Bela Vista
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados