Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 25 de julho de 2021
Busca
Brasil

Vereador assassinado tinha ido visitar a filha na Capital

26 Out 2010 - 16h26Por Campo Grande News

Assassinado nesta tarde, em Campo Grande, o presidente da Câmara de Vereadores de Alcinópolis Carlos Antônio Costa Carneiro, de 40 anos, tinha vindo visitar a filha mais velha, de 17 anos, que faz faculdade na cidade.

A informação foi dada nesta tarde pelo irmão da esposa do vereador, Charles Croice Fernandes, que estava bastante abalado, na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), para onde os dois presos pelo crime, Aparecido Souza Fernandes, de 28 anos, e Irineu Maciel, de idade não informada, foram levados e vão prestar depoimento.

Charles informou que o vereador deixa três filhos, de 10,11 e 17 anos. Ele presenciou a chegada dos pistoleiros ao local e disse que a família não faz ideia do que possa ter motivado o crime.

Chegou a falar na possibilidade de latrocínio, o assassinato para roubar. A polícia porém, descarta essa hipótese e os próprios responsáveis pelo crime já tenham dito que foi uma encomenda, pela qual receberam R$ 20 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Mycchel Legnaghi - São Joaquim online PREVISÃO DO TEMPO
Maior frio do ano? Temperaturas negativas, geada e até neve!
TRABALHO ESCRAVO
Aliciamento de crianças: família de líderes religiosos é presa em operação da polícia
ATO OBSCENO
Homem é detido após entrar nu em culto evangélico
TRAIÇÃO
Vídeo: Mulher flagra marido com travesti dentro do carro e 'pancadaria come solta'
COVID 19 NO BRASIL
Brasil tem 1 órfão por covid a cada 5 minutos: 'Pensamos que crianças não são afetadas, mas sim
SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica
TRAGÉDIA NO RIO
Barco vira com nove pessoas matando 3 crianças e 3 adultos
REVOLTA
Mulher tem parte do rosto destruído por ataque de pitbull sem coleira; assista
FLAGRA
Vigilante descobre traição e mata amante da esposa com 3 tiros
SOB INVESTIGAÇÃO
"Te achei!", gritou suspeito antes de matar jovem de 16 anos com 10 tiros