Menu
SADER_FULL
sexta, 5 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Vander diz que o País sofreu grande perda com morte de Lúdio

23 Mar 2011 - 09h23Por Fátima News com Assessoria
A morte do produtor rural, ex-prefeito e ex-senador Lúdio Coelho ontem (terça-feira, 22), aos 89 anos, trouxe muita tristeza para todas as pessoas que o conheceram pessoalmente ou testemunharam os exemplos da sua vida. Essa é a afirmação do deputado federal Vander Loubet (PT-MS). “A perda é dolorosa e está sendo sentida por todo o País, não somente pelos sul-mato-grossenses”, acrescentou Vander. “Ele era um dos principais nomes a representar nosso estado nos cenários brasileiros da política e da economia, como senador, líder ruralista e empreendedor, sendo precursor de investimentos privados em reflorestamento e na conjugação lavoura-pecuária”, salientou.
 
O deputado Vander destaca que Lúdio soube entender e respeitar a diversidade democrática, mesmo sendo um dos remanescentes e ex-dirigentes dos partidos que serviram ao regime de 1964, como a Arena (Aliança Renovadora Nacional) e o PDS (Partido Democrático Social). Lembra que Lúdio, antes mesmo de ser prefeito pela primeira vez (pelo voto indireto, em 1983, nomeado pelo governador Wilson Martins), sempre esteve no campo de diálogos e entendimentos com as forças de esquerda.
 
“E já na Prefeitura ele aproveitou em sua equipe pessoas de reconhecida capacidade técnica e política que militavam em partidos de esquerda, como o PCB [Partido Comunista Brasileiro], que inclusive apoiou sua indicação”, recorda. Vander Loubet salienta a contribuição que Lúdio Coelho deu ao processo de construção das idéias de gestão democrática quando, na época de prefeito, estimulou e apoiou a participação das organizações comunitárias na administração municipal. Ele, inclusive, foi um dos padrinhos do I Congresso de Favelas de Mato Grosso do Sul.
 
“Éramos de partidos diferentes e nossas raízes ideológicas são distintas. Porém, mesmo de outra geração, conheço a história desse homem público, que agora deixa o convívio terreno e ganha a acolhida de Deus. Mas fica a sua memória e seus exemplos, semeados ao longo de uma existência digna”, encerrou Vander, que nesta quarta-feira (23) deve fazer um pronunciamento na Câmara como forma de homenagear Lúdio Coelho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 UTI = OBITO
Ministério da Saúde prevê 3 mil mortes por dia por covid-19 nas próximas duas semanas
TRISTEZA NA FAMILIA
'Não tem UTI,amo vcs':a história por trás do tuíte viral que revela mensagens de mãe morta por covid
DISPARO ACIDENTAL
Assessor em fazenda do cantor Leonardo morre vitima de tiro acidental
VIOLENCIA DOMESTICA
Vítima de violência doméstica escreve bilhete com pedido SOS em agência bancária: 'Ele tá ai fora'
ALERTA AO CPF
Confira se o seu CPF foi usado de maneira IRREGULAR por desconhecidos
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil
EXECUÇÃO NA MADRUGADA
Dona de bar é degolada e corpo encontrado nos fundos do estabelecimento