Menu
SADER_FULL
quarta, 12 de maio de 2021
Busca
Brasil

Usinas do MS vencem leilão para oferecer energia elétrica

26 Ago 2010 - 15h46Por Mídia Max
Três usinas de Mato Grosso do Sul estão entre as oito vencedoras da primeira fase do terceiro leilão de energia de reserva, organizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) ontem (25). O certame serve para contratação de energia produzida a partir do bagaço de cana (biomassa), com a força do vento (eólica) ou em pequenas centrais hidrelétricas.

As empresas sul-mato-grossenses que ganharam terão direito de fornecer energia ao sistema nacional a partir de 2011 recebendo, em média, R$ 154,18 por megawatt-hora (MWh). Nesta fase, foi alcançado um deságio de 1,16% sobre o preço-teto de R$ 156 por MWh estabelecido para essa etapa do leilão.

Segundo Zilmar Souza, assessor de bioeletricidade da União da Indústria da Cana-de-Açúcar (Unica), o preço-teto inibiu a participação de usinas na concorrência. “Tínhamos 40 usinas cadastradas para o leilão. Só oito venceram”, disse ele.

Em julho, a entidade já havia divulgado um comunicado informando que os valores iniciais do leilão poderiam ser um problema para as usinas. "O primeiro leilão desse tipo, realizado em agosto de 2008, teve um preço-teto de R$ 157 por MWh, o equivalente a R$ 173 por MWh em valores de hoje", afirmou, na época, o presidente da Unica, Marcos Jank.

No primeiro leilão de energia de reserva, 31 usinas saíram vencedoras. O preço médio da energia acertado na concorrência foi de R$ 58,84 por Mwh. Já no segundo, realizado em dezembro de 2009, só usinas eólicas participaram, e 70 venceram. O preço médio alcançado foi de R$ 148,39 por MWh.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul