Menu
SADER_FULL
quinta, 9 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Três libaneses são mortos a tiros em Bagdá

10 Set 2004 - 14h30
Três libaneses morreram no Iraque baleados por um grupo de homens armados, informou hoje a embaixada do Líbano na capital iraquiana. A fonte, citada por TVs árabes, disse que os três libaneses "foram mortos em estranhas circunstâncias".

Georges Badine e Karim Joury, representantes de uma marca de calçado, e a mulher deste último estavam em sua casa em Bagdá quando foram surpreendidos por um grupo de homens armados que começou a atirar.

Dezenas de empresários libaneses foram para o Iraque depois da queda do regime de Saddam Hussein na busca por novas oportunidades para seus negócios.

Vários caminhoneiros e homens de negócio libaneses foram seqüestrados em Bagdá nos últimos. Todos foram libertados ilesos, com exceção do salvo o obreiro de construção Hussein Ali Alyan, que foi achado morto por tiros em 12 de junho.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

SOS SAUDE
Em 24 horas, nove pessoas morrem em casa pela covid-19 sem atendimento médico
BORA PRA BONITO - MS???
Bonito (MS) irá operar com tarifa de baixa temporada até 18 de dezembro e descontos de até 60%
BONITO - MS - REABERTURA COM SEGURANÇA
Hotel Águas de Bonito te espera com toda segurança e responsabilidade, bora pra Bonito (MS)?
SUSPEITOS COVID-19
Veja autoridades que se reuniram com Bolsonaro nos últimos dias, de acordo com a agenda oficial
ABSURDO
Indígena com Covid-19 sofre aborto espontâneo e recebe feto em garrafa de soro
VITIMA DA COVID 19
Após ficar 3 dias a espera de UTI Cacique xavante líder das causas indígenas morre com Covid-19
AUXILIO EMERGENCIAL
Caixa libera saques e transferências dos aprovados no terceiro lote nascidos em fevereiro
URGENTE - PRESIDENTE COM COVID-19
URGENTE: Bolsonaro testa positivo para coronavírus
PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica