Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 3 de junho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

TJ dá 48h para prefeito de Cassilândia devolver dinheiro

12 Abr 2007 - 13h37
Uma liminar da 2ª Vara da Justiça da Infância e Juventude de Cassilândia deu prazo de 48 horas para que o prefeito da cidade, José Donizete Ferreira de Freitas, deposite R$ 84 mil no Fundo Municipal da Criança e do Adolescente.

Segundo o Ministério Público, Freitas terá de pagar o montante referente anos de 2005, 2006 e 2007, cujos valores não foram depositados na conta corrente do fundo, conforme apontam extratos bancários e declarações prestadas pelo Conselho Municipal.

Na decisão liminar, o juiz Silvio César Prado determinou ao prefeito de Cassilândia, que repasse ao fundo, o valor relativo ao orçamento 2007, em no máximo 12 parcelas iguais, e as vencidas, que somam R$ 84 mil, em 48 horas, sob pena de responsabilidade.

Quatro acusados (servidores públicos, junto com uma quinta pessoa - não servidor) teriam sido flagrados com R$ 600 mil em dinheiro e cheques, que estavam num cofre em uma das residências inspecionadas. Segundo o delegado José Mansur Júnior, titular da Delegacia da Polícia Civil de Cassilândia, as diligências continuam durante todo o dia de hoje para audição de testemunhas e coleta de mais provas. Ainda não está descartada a prisão de mais pessoas.

O prefeito de Cassilândia, José Donizete (PT), explicou ao Midiamax que os servidores estão sendo investigados devido a uma denúncia de que havia consumo exagerado de combustível pela Prefeitura. Ele salientou que irá colaborar com todas as investigações do MPE e garantiu que o combustível utilizado pelo órgão municipal sempre esteve dentro do previsto.
 
 
 
Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Brasil registra mais de 31 mil mortes por covid-19
COISA MEDONHA
Mulher é desenterrada e estuprada um dia após ser sepultada
DOURADOS - NOVO EPICENTRO COVID-19
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS com mais de 300 casos confirmados
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Menino de 9 anos, acidentalmente mata irmã de 7 anos com espingarda
TRAGEDIA NA RODOVIA
Mulher gravida e marido morrem e criança fica ferida em acidente trágico
PANDEMIA CORONAVIROS
Vai ser ''um massacre'', diz ex-diretor da Saúde sobre flexibilizar isolamento
BOA NOTICIA
Bolsonaro diz que auxilio emergencial pode ter quarta parcela, mas pagando menos
PRAZO MÁXIMO
Acordo prevê máximo de 20 dias para análise de auxílio emergencial