Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de janeiro de 2021
Busca
Brasil

Tereré vai ser declarado "patrimônio imaterial histórico e cultural de MS"

1 Abr 2011 - 13h22Por TV Morena

O tereré de Ponta Porã vai ser declarado patrimônio imaterial histórico e cultural de Mato Grosso do Sul. O decreto do governo do Estado concedendo o status a bebida deve ser publicado na edição desta sexta-feira (1º) do Diário Oficial.

O bem imaterial, Tereré de Ponta Porã vai constar no Livro de Registro dos Saberes, onde estão inscritos conhecimentos e modos de fazer enraizados no cotidiano das comunidades.  O registro significa que o Estado reconhece que esse é um bem tradicional do município de Ponta Porã, ligado à história da cidade, com hábitos de consumo transmitido entre as gerações.

O pedido de registro ao CEC/MS (Conselho Estadual de Cultura ) foi feito no ano de 2008 pela Prefeitura de Ponta Porã. Depois de uma série de levantamentos de documentação, foi reconhecido que a bebida refrescante feita com a infusão da erva-mate consumida com água, sucos, hortelã, ou limão é a mais tradicional daquela cidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SEU BOLSO
Litro da gasolina sobe R$ 0,15 nas refinarias da Petrobras
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Na calada da noite, namorado da avó estupra criança de 12 anos e é espancado por vizinhos
CONCURSO PÚBLICO
Concurso da Aeronáutica somam com as 21 mil vagas em outros concursos que a semana oferece
DEU RUIM
Jovem é atingido por raio enquanto usava celular no banheiro
PROVA DO ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem
SAIU O EDITAL
Com salário de até R$ 23,6 mil, Polícia Federal abre inscrição em concurso no dia 22
DESESPERO EM MANAUS
Médicos e familiares de pacientes descrevem colapso com falta de oxigênio em Manaus; leia relatos
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa libera saque da última parcela do auxílio emergencial a aniversariantes em julho
HORROR NA NOITE
Crianças são encontradas chorando ao lado de corpos de pais assassinados
DOR E DESCASO
Filho é obrigado abrir cova para enterrar próprio pai por não encontrar coveiro em cemitério