Menu
SADER_FULL
segunda, 10 de maio de 2021
Busca
Brasil

STJD recebe denúncia sobre morte de Serginho

30 Nov 2004 - 07h23
O presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Luiz Zveiter, recebeu nesta segunda-feira a denúncia do procurador Murilo Kieling sobre a morte do jogador Serginho.

Zveiter, no entanto, comentou que se pronunciará acerca do conteúdo do processo apenas na terça.

"Ainda vou ler o processo para saber o que o procurador está pedindo. Não posso precisar ainda se é a perda de 24 pontos", disse o presidente.

O STJD julga no próximo dia 6 a responsabilidade do São Caetano na morte de Serginho.

O procurador Murilo Kieleng pede que o clube do ABC perca pontos em todos os jogos que o zagueiro Serginho disputou no Brasileiro. Assim, se for condenado, o São Caetano cairia para a Segunda Divisão.

O presidente do STJD, Luiz Zveiter, havia dito na última semana que o São Caetano só seria punido até 60 dias antes da denúncia, o que daria 24 pontos perdidos. Mas, o procurador Murilo Kieleng deu uma nova interpretação ao artigo 214 e, segundo ele, o clube deve ser punido desde 11 de fevereiro, data em que descobriu o problema cardíaco de Serginho.

A nova denúncia atingiria também o Campeonato Paulista, no primeiro semestre. A competição foi vencida pelo São Caetano após fazer a final contra o Paulista, de Jundiaí.

Alheio aos problemas extra-campo, o técnico Péricles Chamusca, acredita que a qualidade técnica do seu elenco pode levar o time a disputar o título do Brasileiro.

"Ainda temos dois confrontos diretos contra times que estão na ponta da tabela. Acredito que no próximo domingo (contra o Atlético-PR) poderemos dar um passo decisivo. Só a vitória nos interessa e vamos lutar por isso. Depois teremos o Santos, em casa. Temos que acreditar que é possível chegar", afirmou.

Chamusca elogiou a estrutura do São Caetano e o elenco montado pelo clube.

"Só para se ter uma idéia, o Warley está ficando no banco. Por opção tática é claro, mas ninguém pode negar o valor desse atleta. Principalmente pela sua experiência internacional", afirmou.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias
PÉSSIMA PROJEÇÃO
Covid-19: Brasil deve alcançar 575 mil mortes em 1º de agosto, diz instituto
SONHO INTERROMPIDO
Jovem perde noivo para a Covid-19 no dia do casamento: 'Nossos sonhos ficaram para trás'
PANDEMIA CORONAVIRUS
Triste número: Brasil ultrapassa 400 mil mortes por Covid-19
REVOLTA
Pastor zomba da fé dos indígenas Trukás que revoltados quebram templo em construção; veja o vídeo