Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 18 de maio de 2021
Busca
Brasil

Sob ameaça de erupção vulcânica, Indonésia evacua 40 mil

25 Out 2010 - 07h28Por EFE

As autoridades da Indonésia iniciaram nesta segunda-feira a evacuação de 40 mil pessoas após elevar o nível de alerta de erupção do vulcão Merapi, na ilha de Java.

O vulcão, que entrou em erupção pela última vez em 2006, expulsou pequenas quantidades de lava que chegaram ao rio Gendol após aumentar sua atividade durante o fim de semana, informou a imprensa local.

O chefe de Centro de Vulcanologia alertou que as observações indicam que a erupção do Merapi pode ser semelhante à que ocorreu em 1930, quando 13 aldeias foram destruídas e 1.400 pessoas morreram.

Em 2006, o vulcão entrou em erupção após um terremoto na região de Yogyakarta, centro de Java, e provocou uma nuvem de cinza incandescente e gás que causou duas mortes.

Entre sexta-feira e sábado, os tremores vulcânicos no Merapi aumentaram de 321 a 525, enquanto o número de eruções de lava passou de 93 a 183.

A Indonésia está sobre o chamado "Anel de Fogo do Pacífico", uma zona de grande atividade sísmica e vulcânica, e tem cerca de 400 vulcões, dos quais 129 estão ativos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NO HARAS
Vaqueiro morre ao ser arrastado por boi durante vaquejada, em Paranatama; veja vídeo
Foto: Divulgação/Instagram LUTO NA MÚSICA
MC Kevin morre aos 23 anos no Rio de Janeiro
SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho