Menu
SADER_FULL
segunda, 6 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Seleção argentina muda e se vacina contra Brasil

17 Set 2004 - 09h24
Marcelo Bielsa deixou a seleção Argentina com fama de freguês diante do Brasil. Para o seu lugar, os cartolas escolheram um treinador que tem uma fama oposta.

Na categoria sub-20, José Pekerman, 55, apresentado ontem oficialmente como novo treinador do time principal argentino, foi um tormento para o Brasil.

Na era Pekerman (1995-2002), a Argentina deu as cartas na categoria que teve os brasileiros como a maior força regional e do planeta.

Enquanto o treinador esteve na frente da equipe sub-20, a Argentina ganhou três Mundiais, contra nenhum do Brasil. Nas outras edições da competição, os brasileiros foram campeões quatro vezes, e os argentinos apenas uma.

Nos Sul-Americanos, foram dois títulos para cada lado na era Pekerman. No resto da história da competição, o Brasil vence fácil --seis títulos contra dois.

Os confrontos diretos em partidas oficiais também apontam a vantagem de Pekerman. Foram seis confrontos pelos campeonatos continental e mundial, com quatro vitórias argentinas.

Pekerman já havia sido cotado para comandar a seleção principal, em 1998, mas recusou o convite e indicou Bielsa.

"Agora me sinto preparado para a seleção principal. Eu confiava muito no Bielsa naquele momento", declarou o treinador, que não foi a primeira opção agora --Carlos Bianchi, ex-técnico do Boca Juniors, era o preferido, mas recusou o convite.

No seu trabalho na equipe sub-20, Pekerman lançou a maioria dos jogadores que vai treinar agora. Fazem parte da lista, entre outros, Sorín, Aimar, Rosales, Placente, Samuel e Saviola. "Eu me sinto como se estivesse voltando para casa", afirmou.

O novo treinador promete não fazer alterações drásticas no que vinha sendo feito por Bielsa, que deixou o cargo com o título de campeão olímpico e com uma desvantagem de apenas um ponto para o Brasil nas eliminatórias.

"O espírito do time vai continuar o mesmo", disse Pekerman, que vai fazer sua estréia no próximo dia 9, em jogo contra o Uruguai pelo qualificatório para 2006.

Esse confronto, aliás, vai reunir duas seleções que trocaram de comando depois do início das eliminatórias sul-americanas.

Além de Argentina e Uruguai, outras três seleções já fizeram isso --Bolívia, Colômbia e Equador. O Peru, do brasileiro Paulo Autuori, é outro que pode trocar de técnico em breve.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

PRESIDENTE NA LINHA
Bolsonaro está com sintomas de covid-19 e aguarda resultado de exame
CICLONE BOMBA
Efeitos do Ciclone: mais de 12 mil residências ainda estão sem energia elétrica
LIVE
Mulher de Porchat não foi a única: veja outros casos de nudez em lives
ECONOMIA
Nova gasolina a partir de agosto; combustível será mais caro, mas deixará veículos mais econômicos
SOS EDUCAÇÃO
Sem computador e sem dinheiro, alunos de baixa renda desistem do Enem
ENTREVISTA NO SBT
Roberto Cabrini traz entrevista exclusiva com Frederick Wassef nesta segunda
100 AULAS
Ensino Público vive "apagão" na pandemia com alunos sem acesso às aulas on-line
BRASIL - 64.909 MORTES
País soma 1.604.683 casos confirmados de Covid-19 e 64.909 mortes pela doença.
VACINA CONTRA COVID-19
Dose da vacina contra a Covid-19 poderá custar R$ 22
APLICATIVO - TECNOLOGIA
Como a Binomo Funciona no Modo App Em 130 Países, Inclusive para Residentes Brasileiros