Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 5 de agosto de 2021
Busca
Brasil

Sanesul garante R$ 127 milhões para saneamento de MS

17 Set 2010 - 09h20Por Notícias MS
O presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa, apresentou na última terça-feira, 14 de setembro, os projetos executivos de água e de esgoto para Corumbá, Dourados, Ponta Porã e Três Lagoas, e garantiu investimento de R$ 127 milhões do governo federal para o saneamento de Mato Grosso do Sul. As obras irão compor a segunda etapa do programa de infraestrutura e saneamento do Ministério das Cidades.

Segundo o presidente da Sanesul, a apresentação dos projetos aos técnicos do Ministério das Cidades é um passo importante para a aprovação e assinatura dos contratos. “Com esses investimentos, as principais cidades do Estado passam a ter cobertura de esgoto com índices compatíveis aos países desenvolvidos. Essa conquista demonstra o esforço do governador André Puccinelli, por intermédio da Sanesul, para dotar os municípios de cobertura do abastecimento de água potável e da coleta e tratamento de esgoto”.

Durante a reunião em Brasília (DF), ficou definido que o montante será dividido em obras para os sistemas de abastecimento de água dos municípios de Corumbá e de Ponta Porã, e de esgotamento sanitário para Dourados, Três Lagoas, Ponta Porã e Corumbá.

Para o presidente da Sanesul, a aprovação desse montante, por parte do governo federal, representa o reconhecimento da capacidade técnica da Sanesul na elaboração dos projetos e premia o esforço de todos os funcionários da empresa na busca por melhorias nas condições de saúde da população. “Levar água e tratamento de esgoto a todos os domicílios é o que motiva o nosso trabalho, principalmente quando vemos a parcela mais pobre da população, residente nas periferias, receber a rede de água e de esgoto. Isso nos leva a acreditar que estamos no caminho certo”.

“Esses recursos vão transformar para melhor a vida de milhares de sul-mato-grossenses que ainda não têm acessos aos serviços de saneamento, sobretudo em coleta e tratamento de esgoto”, enfatiza o presidente da Sanesul. Como exemplo, os recursos destinados ao esgotamento sanitário de Dourados deixarão a cidade com mais de 80% de cobertura em domicílios urbanos.

Participaram da reunião o gerente de projetos do Ministério da Cidade e coordenador de projetos Manoel Renato Machado Filho, o analista de infraestrutura, Marco Tourinho, o assessor técnico Hélio José de Freitas, ambos também do Ministério das Cidades, e os representantes da Caixa Econômica Federal, José Luiz Silva e pelo Earp Eprahnann.

Da Sanesul, estiveram presentes o diretor-presidente José Carlos Barbosa, a gerente de projetos Lourdes Tapparo e o gestor de projetos de esgoto Luiz Fernando Gameiro. A reunião foi realizada no Ministério das Cidades.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - ORLA TCHAU FRIO!!!
TCHAU FRIO: Nova onda de calor deve chegar na próxima semana, confira a previsão
SUPERÁVIT
Petrobras anuncia lucro líquido de US$ 8 bilhões no segundo trimestre
BRASIL - 20.026.502 INFECTADOS
Brasil ultrapassa 20 milhões de casos de covid-19
TRAGÉDIA NA RODOVIA
Caminhoneiro embriagado invade pista contrária e mata cinco pessoas
ASSALTO À LOJA
Bandidos roubam loja e trocam tiros com a PM; numa ação audaciosa: veja fotos e vídeos
DOENÇA DO SÉCULO
Vídeo: cantora alerta famílias após filho de 16 anos cometer suicídio; "internet está doente"
BRASIL - 558.432 MORTES
Covid-19: casos sobem para 19,98 milhões e mortes, a 558,4 mil
AMOR BANDIDO
Homem leva facada da esposa, perdoa e casal sai de mãos dadas da delegacia
CURA DA DIABETES
Brasil registra 1ª cirurgia contra diabetes tipo 2 feita com robô
BRASIL - 557.223 MORTES
Covid-19: Brasil registra 557,2 mil mortes e 19,95 milhões de casos