Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
Brasil

Saldo da balança comercial em 2004 atinge US$ 23,145 bi

13 Set 2004 - 10h01
O saldo acumulado da balança comercial brasileira no ano subiu para US$ 23,145 bilhões. O resultado representa 74,66% das estimativas do mercado financeiro, que mantém em US$ 31 bilhões as projeções deste ano para o comércio exterior em 2004.

No acumulado do ano, entre janeiro e o dia 12 de setembro, as exportações alcançaram US$ 64,378 bilhões, com um crescimento na média por dia útil de 32,1% em comparação ao mesmo período do ano passado. As importações ficaram em US$ 41,233 bilhões e representaram um incremento na mesma comparação de 27,7%.

Na segunda semana do mês, entre os dias 6 e 12, o Brasil vendeu mais do que comprou, US$ 643 milhões, com exportações de US$ 1,648 bilhão e importações de US$ 1,005 bilhão. A média diária em setembro, em comparação ao mesmo mês do ano passado, cresceu 30,5% nas exportações e 24,6% nas importações.

Em comparação a agosto de 2004, a elevação na média por dia útil chengou a 4,9% nas exportações e a 2,3% nas importações.
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada