Menu
SADER_FULL
terça, 27 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Ruralistas pedem renegociação de R$ 23 bi em dívidas

15 Mar 2007 - 13h51

Um grupo de cinco deputados federais integrantes da Comissão da Agricultura da Câmara pediu ontem ao presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, o refinanciamento de R$ 23 bilhões em dívidas.

Eles também querem a redução da taxa de juros para o setor de 8,75% para 5% e uma política e a valorização do dólar. O volume renegociado representa 60 mil contratos de produtores feitos desde 1991 e encaminhados pelo Banco do Brasil ao Cadin (Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal).

De acordo com o deputado federal Marcos Montes (PFL-MG), presidente da Comissão de Agricultura da Câmara, Meirelles "foi extremamente receptivo com os deputados, mas disse que uma decisão nesse sentido cabe ao Ministério da Fazenda e ao Conselho Monetário Nacional (CMN)".

O argumento utilizado para a redução nos juros de financiamentos agrícolas é que eles estão em 8,75% desde que a taxa Selic, hoje em 12,75%, era de 22%. "Queremos uma redução nos mesmos patamares, para em torno de 5%. Isso não vai sangrar o Tesouro e sim ampliar a renda do produtor rural", disse Montes.

A comissão de deputados pretende se reunir ainda com os Ministros da Fazenda, Guido Mantega, e da Casa Civil, Dilma Rousseff.

 

 

Agência Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL - 157.397 MORTES
Brasil tem mais 263 mortes e 15.726 novos casos de covid-19
ALIVIO NO BOLSO
Petrobras reduz preços de gasolina e diesel a partir desta terça (27)
BARBÁRIE
Marido mata mulher a facadas dentro de casa durante almoço de domingo
CAPOTAMENTO
Carro capota várias vezes ao fazer curva na MT-412 e mata fotógrafo
BRASIL - 157.134 MORTES
Brasil acumula 5,3 milhões de casos e 157 mil mortes por covid-19
AJUDA FINANCEIRA
Caixa paga 2ª parcela de R$ 300 da extensão do auxílio emergencial
SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora