Menu
SADER_FULL
quinta, 6 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Requião vai sancionar novo mínimo de R$ 462 no Paraná

30 Abr 2007 - 16h45
A Força Sindical espera reunir cerca de 200 mil pessoas na festa do Dia do Trabalho, que realizará nesta terça-feira, 1, na Praça Nossa Senhora de Salete, em frente ao Palácio Iguaçu, em Curitiba, em parceria com o governo do Paraná. O governador Roberto Requião (PMDB) escolheu a festividade para sancionar o projeto que eleva o salário mínimo do Estado de R$ 427,00 para R$ 462,00. Mas os discursos mais veementes devem ser pela manutenção do veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à emenda 3 incluída na lei que criou a Super Receita.

De acordo com a Força Sindical, além da emenda 3, a entidade pretende colocar para a discussão dos trabalhadores a questão da saúde funcional e a geração de empregos. Com o objetivo de atrair o grande número de pessoas esperado, estão previstos sorteios de cinco automóveis e 10 motos, além de televisores, computadores e refrigeradores. Dois quilos de alimentos garantem um cupom para o sorteio. A previsão é arrecadar cerca de 100 toneladas. A festa terá, entre outras atrações musicais, a presença da Orquestra Filarmônica de Curitiba.

Nos cinco anos anteriores, a Força Sindical comemorava o Dia do Trabalho na Praça Verbo Divino, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. No ano passado, segundo a entidade, foram reunidas 100 mil pessoas. O bom relacionamento com o governo do Estado garantiu o novo local. "O governo do Paraná sempre esteve trilhando junto com os trabalhadores do nosso Estado. É um governo extremamente social e voltado à luta dos trabalhadores", elogiou o presidente da Força e do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, Sérgio Butka.

A Central Única dos Trabalhadores (CUT) repetirá o que fez nos dois últimos anos, promovendo o que chama de 1º. de Maio Internacional, em Foz do Iguaçu, na divisa com Paraguai e Argentina. Com o lema A Integração e a Emancipação Latino-Americana Correm em Nossas Veias, centrais dos três países pretendem reunir os trabalhadores às 7h30 na Ponte da Amizade, de onde seguem em caravana até o Gramadão da Vila A, nas proximidades da Usina de Itaipu. Ali haverá discursos e apresentações musicais durante todo o dia.

 

 

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

REINFECÇÃO EM ALERTA
Novo coronavírus tem segundas novas ondas de reinfecção e acendem sinal de alerta
FÁTIMA DO SUL - DICA CIA DO BICHO
Saiba o que são rações terapêuticas, Cia do Bicho destaca vários tipos, confira
BRASIL - 96.326 MORTES
Brasil tem 2.817.473 casos de Covid-19, indica consórcio de veículos da imprensa em boletim das 13h
EXPLOSÃO EM BEIRUTE
Libanês se emociona e diz: Parecia uma bomba atômica, que acabou com tudo
BORA PRA BONITO - MS
Crie laços com a natureza em Bonito, MS!
LUTO NO CIRCO
Palhaço mais velho do Brasil morre aos 77 anos vítima de coronavírus
TRAGEDIA NA RODOVIA
Familia se despede de parentes mortos em acidente na BR-277
NA CASA DELE
Tio estupra criança de 4 anos e dá chocolate para ela não contar
BOCA DA ONÇA É NO MS
Maior cachoeira do MS, Boca da Onça retorna com muitas novidades, confira
ACIDENTE TRÁGICO
Vitimas do acidente na BR 177 são identificadas: 3 são da mesma familia