Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 14 de maio de 2021
Busca
Brasil

Receita abre consulta a terceiro lote de restituições do IR 2010

9 Ago 2010 - 05h49Por Agência Brasil

A Receita Federal do Brasil libera nesta segunda-feira (9) a consulta ao terceiro lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2010.

Também será aberta consulta a dois lotes de declarações que estavam retidas na malha fina, um de 2009 e outro de 2008. Para saber se terá a restituição liberada nos lotes, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet ou ligar para 146 e informar o número do CPF.

No próximo dia 16, serão creditadas no banco as restituições referentes ao exercício de 2010 (ano-base 2009) e as residuais de 2009 (ano-base 2008) e 2008 (ano-base 2007). No caso do exercício de 2010, o número de contemplados no lote ultrapassa 1,67 milhão e a correção da restituição será de 3,4%. No lote do exercício de 2009, são 34 mil contribuintes com restituições corrigidas em 11,86% e no de 2008, são 10,9 mil com direito a receber de volta os impostos pagos a mais corrigidos em 23,93%.

Como ocorre anualmente, está programada a liberação de sete lotes regulares de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física. O último ficará disponível para os contribuintes no dia 15 de dezembro.

Quem entregou no primeiro lote e ainda não recebeu a restituição precisa ficar atento e procurar no site da Receita se existem pendências na declaração. Para isso, deve pesquisar a sua situação fiscal e verificar o extrato disponível para consulta.

Uma das formas de evitar a malha fina é utilizar a ferramenta retificadora o
nline. O sistema, que também está disponível na página da Receita na internet, tem o objetivo de tornar mais rápida e fácil a correção de informações das declarações  entregues pelas pessoas físicas nos modelos completo e simplificado.

Com a ferramenta, o cidadão tem a opção de corrigir dados da declaração sem instalar no computador pessoal um aplicativo específico. Para fazer a retificação online, é preciso ter um certificado digital ou seguir alguns passos para obter o código específico fornecido pela Receita. É preciso ter os números dos recibos das declarações enviadas nos dois últimos anos para que o sistema gere o código.

Quem não tem pendências e não informou o número da conta para crédito da restituição deverá ir a uma agência do Banco do Brasil (BB) ou ligar para qualquer agência da instituição ou para o BB Responde (4004-0001 nas capitais ou 0800-729-0001 nas demais localidades, ligação gratuita). O crédito poderá ser agendado em conta-corrente ou poupança, em qualquer banco. A consulta ao extrato de processamento da declaração deverá ser feita pela internet.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio do Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, disponível na
internet
. Caso o contribuinte não concorde com o valor da restituição, poderá receber a quantia disponível no banco e pedir a diferença na unidade local da Receita.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SONHO INTERROMPIDO
Agente educacional morta em ataque a creche em Saudades queria fazer intercâmbio no Canadá
PESQUISA PRESIDENCIAL
Datafolha mostra Lula disparado na corrida eleitoral
NOVA INFECÇÃO
Covid-19: após 3 semanas de queda, casos de coronavírus avançam no Brasil puxados por 9 Estados
TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada