Menu
SADER_FULL
terça, 11 de maio de 2021
Busca
Brasil

Programas de proteção social já atendem 80% da demanda em MS

3 Ago 2004 - 16h43
Os programas de proteção social do governo do Estado contemplam 80% das famílias que vivem em situação de extrema pobreza em todo Mato Grosso do Sul, disse o governador Zeca do PT, nesta manhã, durante ato público no Parque Ayrton Senna, bairro Aero Rancho, em que foi firmada parceria com o governo federal para levar atendimento a mais 5,4 mil famílias de Campo Grande.

O Programa de Segurança Alimentar garante alimentação a 60 mil famílias em todo o Estado, onde se incluem as mais de 10 mil famílias indígenas que até há pouco tempo enfrentavam o grave problema da fome e da desnutrição nas aldeias. Cada família inscrita no Segurança Alimentar recebe mensalmente uma cesta com 32 quilos de alimentos, como feijão, arroz, óleo, farinha, leite em pó e até goiabada.

Em outro programa - Bolsa-Escola - o governo do Estado repassa R$ 136,00 mensalmente a 20 mil famílias. Em contrapartida, os pais se comprometem a manter os filhos matriculados na escola. O governo também exige que as pessoas beneficiadas pelos dois programas se inscrevam em cursos de alfabetização, capacitação profissional e geração de renda.

A parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome possibilitou ampliar a rede de proteção social, levando benefício mensal de R$ 136,00 para 5,4 mil famílias que viviam em situação de extrema pobreza em Campo Grande. A secretária do Trabalho, Assistência Social e Economia Solidária, Eloísa Castro Berro, disse que para o próximo ano outras famílias devem ser incluídas, até que todas as 106 mil famílias carentes de Mato Grosso do Sul (segundo dados do IBGE) sejam contempladas.

 

Agência Popular


Deixe seu Comentário

Leia Também

TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias