Menu
SADER_FULL
segunda, 20 de setembro de 2021
Busca
EDUCAÇÃO

Professores de MS vão aderir à paralisação no dia 16

3 Mar 2010 - 05h45Por Diário MS
Professores da rede pública de todo país, inclusive de Mato Grosso do Sul, vão cruzar os braços no próximo dia 16, uma terça-feira.

Na data, os educadores voltam a discutir a implantação do Piso Nacional do Magistério, definido por uma lei nacional do dia 16 de julho de 2008.

De acordo com a legislação, os professores não poderiam ganhar menos de R$ 950, para uma jornada de 40 horas semanais – com 1/3 da carga horária destinada ao planejamento das aulas.

Não é o que acontece em Mato Grosso do Sul, onde metade dos municípios ainda não implantou o projeto, de acordo com o deputado Pedro Kemp (PT), que é educador.

No Estado, os professores participam de uma audiência pública, no dia 16, às 13h30, no plenário Júlio Maia, da Assembleia Legislativa. A audiência foi proposta por Kemp.

“A efetivação do Piso Salarial Nacional do Magistério é um requisito essencial para pôr fim às históricas omissões e aos descasos causadores de desigualdades educacionais, sociais e econômicas em nosso país”, diz o deputado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA TV
Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos, vítima de câncer
EM DECLINIO
Covid-19: Brasil registra 21,2 milhões de casos e 590,7 mil mortes
TSUNAMI NO BRASIL?
Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda
SERPENTE
Rapaz de 18 anos é atacado por jararaca durante pescaria
TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões