Menu
SADER_FULL
terça, 30 de novembro de 2021
Busca
Brasil

Polícia Militar Ambiental começa nesta 5ª Operação Carnaval em MS

11 Fev 2010 - 06h00Por PMA

A Polícia Militar Ambiental (PMA) começa hoje (11) até o dia 17, a Operação Carnaval em Mato Grosso do Sul. 

De acordo com a PMA, o comando irá reforçar o policiamento em Corumbá e Porto Murtinho, onde está liberada a modalidade peque-solte na calha do Rio Paraguai.

Também irá reforçar a fiscalização nas outras cidades com tradição carnavalesca como Bonito, Jardim, Coxim, Aquidauana e Miranda, que estarão recebendo efetivo da sede na Capital e de outras unidades situadas em cidades que não receberão muitos turistas durante o carnaval.
         
A Bacia do rio Paraná, conforme a PMA, estará fechada até o dia 28 e, por este motivo, também estarão sendo reforçadas as unidades dos municípios de Bataguassu, Aparecida do Taboado, Batayporã e Três Lagoas, além dos postos fixos das Cachoeiras do rio Anhanduí, em Bataguassu, Rio Verde,  Água Clara e Salto do Pirapó, em Juti.

Além disso, os oito postos, localizados nas cachoeiras e corredeiras, montados para a Operação Piracema estarão recebendo reforços durante a Operação Carnaval. 

Outras duas equipes da sede também estarão fazendo fiscalização itinerante, sem área definida, exercendo serviços de barreiras e fiscalização fluvial.

No total, 90% do efetivo de 340 homens estarão envolvidos na operação. Durante o carnaval, os policiais militares não terão férias regulamentares.

 A PMA alerta os foliões que resolverem praticar a pesca, que respeitem a legislação, não pescando nos locais proibidos e soltando os peixes nos locais onde estará permitido o pesque-solte, na calha do rio Paraguai. 

Segundo a PMA, o desrespeito à legislação pode levar os infratores a serem presos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para lavratura do auto de prisão em flagrante, podendo, se condenados, pegar pena de um a três anos de detenção.

Além disso, todo o material de pesca e mais motor de popa, barcos e veículos utilizados na infração serão apreendidos. Os infratores também receberão multa que varia de R$ 700,00 a R$ 100 mil, mais de R$ 20,00 a cada quilo de pescado irregular.

Leia Também

PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança
TRAGÉDIA NA LINHA DO TREM
vítima comemorou aniversário do marido um dia antes de morrer com a filha em acidente com trem
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
DESESPERO
Vídeo: veja momento em que calçada cede e pessoas caem em rio
PÂNICO NO AEROPORTO
Vídeo mostra passageiros gritando e muito desespero em avião da Azul; veja
EMBOSCADA
Jovem morre após ser atingida por tiro na cabeça
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid -19 casos sobem para 22,043 milhões e mortes, para 613,3 mil
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Menina de 11 anos conta para avô que é estuprada pelo padrasto
CRUELDADE
Justiça nega exame de insanidade a mulher que esquartejou filho