Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 24 de setembro de 2021
Busca
Brasil

PM realiza IV reunião comunitária em de Glória de Dourados

6 Nov 2009 - 17h10Por Demerval Nogueira / Fátima News

A 2ª Cia. PM de Glória de Dourados realizou a IV Reunião Comunitária ocorrida na sala de reuniões da própria Companhia. A Reunião foi conduzida pelo comandante da 2ª Cia. PM local, major Thonny Audry Lima Zerlotti e contou com as presenças do Dr. Ricardo da Mata Reis, juiz de Direito da Comarca; promotor de Justiça, Dr. Daniel do Nascimento Brito; Dr. Adilson Stiguivitis de Lima, delegado de Polícia Civil (Delpol/Glória); 1º Sgt. PM José Aparecido Soares, comandante do 3º Pelotão PM de Jateí; Maninho de Paula Ribeiro, secretário municipal de Desenvolvimento Sustentável (Seds), no ato representou o prefeito Arceno Athas Júnior, que se encontrava em Brasília-DF; Dra. Tânia Pereira Xavier dos Santos, responsável pelo Psf central; representantes das igrejas Católica e Evangélica, Pr. Ronaldo Cosmo da Silva e Pe.Clarindo Redin; além de outros membros integrantes da Polícia Militar e demais autoridades ligadas à comunidade local.

 

 

O comandante da PM local, major Zerlotti disse que, “o objetivo da Reunião Comunitária é discutir os assuntos de interesse da coletividade gloriadouradense e não tem fins lucrativos”. Foi discutida a temática proposta para a reunião. No espaço aberto, a médica geriatra Tânia esclareceu sobre diversos fatores que aflige de perto a sociedade local, citando principalmente as drogas. Em seguida o delegado da Polícia Civil, Dr. Adilson Stiguivitis descreveu sobre a chamada ‘Mediação de Conflitos’, abordando pontos específicos sobre a forma de atuação neste seguimento por intermédio da Polícia Civil. Stiguivitis descreveu sobre a metodologia aplicada, histórico e áreas onde estão sendo desenvolvidos esses métodos e ressaltou, “aqui em Glória de Dourados observamos que vem surtindo efeitos desejados”, colocando ainda, “o caráter preventivo desta ação, bem como, a importância desta ação mediadora tem evitado que inúmeros conflitantes cheguem até o Ministério Público ou Judiciário, porque acabam sendo equacionados dentro de uma mediação condizente com a realidade e a necessidade dos próprios geradores de conflitos”.

 

 

O comandante Zerlotti destacou a importância do trabalho que vem sendo realizado através da Polícia Civil, assim como, o envolvimento de todas as polícias de forma geral, a comunidade e a participação ativa do Ministério Público. Espaços também foram concedidos aos diretores de Escolas Estaduais, Vânia Medeiros Lopes, Vila Industrial; Eufrosina Pinto, centro da cidade e Escola Municipal Marinha do Brasil, Vila Industrial. Diretores e diretoras foram unânimes em afirmar que o trabalho em parcerias entre todas as escolas, as diversas instituições policiais, Poder Judiciário, Executivo Municipal e Conselho Tutelar, tem amenizado de forma extraordinária o desenvolvimento dos trabalhos escolares e isto tem afugentado aqueles que ficam fora dos pátios escolares atormentando o andamento do processo educacional. Outro assunto debatido pelo juiz de Direito, promotor Público e os demais membros concentrou-se na questão de irregularidades que crianças praticam nas escolas das duas redes de ensino. Sendo que este assunto ainda voltará à tona em outras Reuniões Comunitárias , também conhecida como, Assembléia Comunitária.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROTA BIOCEÂNICA
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
CASTELO DE AREIA
Idoso casa com prostituta 35 anos mais nova e flagra com outro
DOENÇA DO SÉCULO
Servidor público é encontrado pendurado em árvore
COVID-19
Ministra de Bolsonaro testa positivo para Covid e cancela agenda em Nova Andradina
ASSUSTADOR
Homem encontra boneca na parede com bilhete misterioso: "obrigada por me libertar"
VIDEOS VAZADOS
Torcedora do flamengo esquenta a web com vídeos íntimos
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: Brasil registra em 24 horas 36.473 novos casos e 876 novas mortes
REVOLTANTE
Criança autista vítima de maus tratos é encontrada comendo fezes de cachorro para sobreviver
HOMICIDIO X SUICÍDIO
Marido mata esposa e tira própria vida; criança de 3 anos pede socorro a vizinho
NEGLIGÊNCIA
Criança de 2 anos ao volante mata prima de 3 anos atropelada