Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 15 de abril de 2021
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
Busca
Brasil

Pesquisa do BC mostra indicadores de inflação em baixa

4 Out 2004 - 17h19
Com exceção do indicador de preços administrados (combustíveis, energia, telefone e outros serviços monitorados) que está em alta - previsão de 8,47%, na semana passada, passou para 8,50% no acumulado do ano -, todos os demais indicadores tiveram reduções, de acordo com o boletim Focus do Banco Central, divulgado hoje. Os números atingem tanto o varejo quanto o atacado.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que serve de parâmetro para a trajetória das metas, caiu ligeiramente na semana, de 7,34% para 7,31%, mas foi a segunda pesquisa em queda na avaliação de instituições financeiras e analistas de mercado, ouvidos semanalmente pelo BC, e que mantêm a estimativa de IPCA de 5,80% para o ano que vem.

A pesquisa também mostra redução pela segunda semana no Índice de Preços ao Consumidor, medido pela Fundação Instituto de Pesquisa Econômica da Universidade de São Paulo (IPC-Fipe), que chegou a 6,60% no mês passado, caiu para 6,50% na semana anterior e agora a previsão é de 6,45% para este ano e de 5,40% para 2005.

Enquanto isso, os preços no atacado - cuja inflação estimada é quase o dobro do que as pesquisas mostram no varejo - deram mostra de que perderam fôlego depois que o Comitê de Política Monetária (Copom) aumentou a taxa básica de juros (Selic) para 16,25% ao ano, na reunião do mês passado, com possibilidade de ser elevada para 16,50% neste mês, nas previsões do mercado, e de encerrar 2004 em 17% , caindo para 15,25% em 2005.

Os dois indicadores de preços no atacado, pesquisados a cada semana, inverteram os sinais, de alta para baixa, depois de mais de três meses de crescimento gradativo. O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) desceu de 12,41%, na semana anterior, para 12,37%, agora; e o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) caiu de 12,62% para 12,43%. Ambos prevêem inflação acumulada de 6,50% em 2005.

 

 

Agência Popular


Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore