Menu
SADER_FULL
quinta, 16 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Passaia pede exoneração e sai de Dourados

13 Set 2010 - 09h38Por Dourados Agora

O jornalista Eleandro Passaia pediu exoneração dos cargos de secretário de Governo e de Comunicação. Assume ambas as pastas, o delegado aposentado Carlos Alberto Farnesi.

Passaia deixa Dourados depois de lançar o primeiro volume do livro "Máfia do Paleto", sexta-feira passada no Teatro Municipal, sob forte esquema de segurança.

Em poucas horas, mais de 1 mil livros vendidos e uma participação no Programa do Jô Soares confirmada. No livro ele comenta que mexeu "num vespeiro". Estou ciente dos processos que enfrentarei, das ameaças inevitáveis, do dissabor da censura. Mas não me arrependo de ter puxado o gatilho da sensatez. A vida apresentou uma encruzilhada. Local e tempo ideais para descortinar um grande esquema fraudulento executado com verbas da União".

Passaia vai lançar mais dois livros-reportagens sobre o desdobramento da Operação Uragano, que levou para atrás das grades 29 pessoas.

De acordo com o autor, muitos nomes que ainda não apontados pelo inquérito da Polícia Federal (PF) estão inseridos nesse primeiro livro. “Posso dizer que são cerca de 15 pessoas influentes, entre políticos e empresários, que estão infil-trados no esquema de corrupção”, adiantou Eleandro Passaia. De acordo com a Polícia Federal, o prefeito Ari Artuzi é considerado chefe da quadrilha que “sangrava” os cofres públicos de Dourados.

O autor acredita que obra poderá ajudar a população entender como funciona o esquema de corrupção de uma cidade. “Trata-se de um livro com linguajar simples, de fácil compreensão. A ideia é fazer com que a sociedade conheça como ocorre o esquema de uma política corrupta”, pontuou Passaia.

O segundo livro de Passaia será lançado até o final de outubro. “Vou reunir novos detalhes da Operação Uragano”, adiantou, ressaltando que mais nomes de pessoas influentes serão citados na obra. Questionado sobre a possível repercussão do livro em nível nacional, Passaia disse que ainda não pensou nessa possibilidade. Já a terceira obra, que deverá ser lançada em novembro deste ano, culminará com todo o trama da corrupção da política douradense. “Será um livro que vai conter toda a história da Operação, passo a passo como era feito o esquema, as prisões, o desenrolar de todo o esquema”, finalizou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DICAS AGÊNCIA ECO TOUR
Bonito (MS) também é turismo gastronômico!
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário está com mais de 300 itens com descontos de até 60%, veja o catálogo em Fátima do Sul
COVID-19
Covid-19 e suas prováveis ‘heranças’ para a saúde dos recuperados
SAÚDE NA PANDEMIA
Técnicas de relaxamento para aliviar o estresse
CASSINO BRASIL
Para inspirar o cassino Brasil!
HOMEM PATETA
Polícia identifica menino de 12 como ‘Homem Pateta’, que sugere suicídio a crianças
BRASIL - 74.133 MORTES
Brasil tem 41,8 mil novos casos e 1.300 óbitos em 24h
FINAL CARIOCA
Transmissão da Final do carioca entre Flamengo e Fluminense no SBT vira meme
FATALIDADE
Instrutor de tiros morre após disparo acidental contra o próprio peito no dia do aniversário
TRUCULENCIA
'Achei que iria morrer sufocada como George Floyd', diz mulher negra que teve pescoço pisado por PM