Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 12 de maio de 2021
Busca
Brasil

Paranhos dá férias coletivas ao funcionalismo a partir de 5ª

1 Dez 2004 - 08h14
A Prefeitura de Paranhos, município do sul do Estado, na região de fronteira com o Paraguai, estará concedendo férias coletivas para todo o funcionalismo a partir de depois de amanhã, quinta-feira, 2 de dezembro.
A medida, que foi implantada pelo prefeito Heliomar Klabunde (PSDB) durante seu governo e tem sido seguida pelo funcionalismo público municipal, visa economizar despesas no final de ano e principalmente aproveitar melhor o decorrer do ano seguinte com todo o quadro de funcionários na ativa, o que facilita nas execuções dos trabalhos do Poder Executivo. “Se fossemos dividir as férias em etapas, teríamos pelo menos 30 funcionários de férias a cada mês, o que prejudicaria nossos trabalhos. Com a implantação desse sistema, com férias coletivas nos fins de ano, conseguimos manter o quadro de funcionalismo todo na ativa durante o decorrer do ano, o que garante um melhor desempenho nos serviços de cada setor”, destacou o prefeito ao relatar que a medida também beneficia os próprios funcionários, ao garantir a passagem das festividades de fim de ano em viagens ou ao lado de seus familiares sem se preocupar em ter que cumprir expediente. Segundo Heliomar Klabunde, que deixa a Prefeitura de Paranhos no próximo dia 1 de janeiro, após oito anos de mandato, a Prefeitura irá fechar suas portas a partir de quinta-feira para o atendimento ao público e só voltará abrir em janeiro do ano que vem. “Iremos manter funcionando apenas os serviços essenciais, como saúde e coletas de lixo”, destacou o prefeito.
 
 
 
 
Conesul News

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRISTEZA NA FAMILIA
Seis pessoas da mesma familia morrem vítimas da Covid-19
NOVAS REGRAS
WhatsApp: o que acontece se você não aceitar novas regras do aplicativo até 15 de maio
FAMOSIDADES
Pai da campeã do 'BBB 21' Juliette vive em casinha de barro na Paraíba
CACHAÇA
Jovem enfia garrafa no ânus durante bebedeira e vai parar no hospital
ESCALADA DA VIOLÊNCIA
Operação mais letal da história deixa 25 mortos no Jacarezinho
VITIMA DO MASSACRE
'Fiquei vendo costurarem os ferimentos. Chorava, orava e agradecia por ele estar vivo, diz mãe
FRIO - FÁTIMA DO SUL NOVA ONDA DE FRIO
Frio de origem polar começa a ser sentido novamente e terá geada
TERROR NA CRECHE
Sob forte emoção moradores de Saudades realizam velório coletivo das vítimas do ataque à creche
CHEGANDO FORTE
Frio chega com força e provoca geada no Sul
TERROR EM CRECHE
Jovem invade escola e mata três crianças e duas funcionárias