Menu
SADER_FULL
sábado, 18 de setembro de 2021
Busca
Brasil

Para Marçal filho 2010 será o ano dos aposentados

25 Jan 2010 - 10h24Por Dourados News
Esta semana, durante entrevista ao programa Voz do Brasil, que é transmitido por todas as rádios do país, o deputado federal Marçal Filho (PMDB/MS) disse que 2010 será um ano de luta para os aposentados e pensionistas, na Câmara Federal.

Em 2009 Marçal foi escolhido relator do Projeto de Lei 4434, dentre os 513 deputados, por conta de sua reconhecida luta em defesa dos aposentados. O PL prevê a recomposição das perdas salariais dos aposentados e pensionistas, corrigindo os vencimentos de acordo com o salário de benefício mínimo pago na data da concessão.

O relatório feito pelo deputado foi entregue no dia 10 de dezembro do ano passado, bem antes do prazo estabelecido pela Comissão de Cidadania e Justiça (CCJ), que deve aprovar no próximo mês e encaminhá-lo para os deputados votarem ainda nesse semestre.

O parlamentar explica que a medida vai corrigir uma injustiça que vem sendo cometida contra os mais de 8 milhões de aposentados do país e que preocupa também os trabalhadores que estão em vias de se aposentar, que é a corrosão do poder aquisitivo dos benefícios. Além disso, a PL garante uma política permanente de proteção a todos os brasileiros, já que todos, um dia, vão se aposentar. 

“O nosso País vem, ao longo do tempo cometendo injustiças com os nossos aposentados. Fala-se da necessidade de que esse dano seja revisto, mas, entretanto o que se tem verificado são apenas discursos e intenções. Existem poucas ações concretas e é isso que queremos mudar na Câmara Federal”, relatou o parlamentar.

Apesar de estar a pouco mais de quatro meses na Câmara Federal, Marçal já vem se destacando como o deputado dos aposentados. “A vida dos aposentados e de quem está em vias de se aposentar depende desse projeto. Ele é muito importante. Essa é uma luta que não é só minha, mas de toda a sociedade. A pressão exercida por nós, da Frente Parlamentar em Defesa dos aposentados, já tem surtido efeito, mas vamos continuar lutando até a categoria saia vitoriosa”, concluiu o parlamentar de Mato Grosso do Sul.

O PL 4434/08, já foi aprovado no Senado Federal e na Comissão de Finanças e Tributação, da Câmara Federal e agora aguarda a aprovação do Relatório pela Comissão de Cidadania e Justiça, para ser levado ao plenário, para votação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRIBUNAL DO CRIME
Traficantes enterram mulher viva para vingar denúncia
TEMPESTADE
Temporal derruba árvore sobre carros e deixa bairros no escuro
VOLTOU A SUBIR
Covid-19: ministério registra 34,4 mil casos e 643 mortes em 24 horas
COMOÇÃO E REVOLTA
Menina de 5 anos é morta com tiro na cabeça enquanto caminhava para comprar lanche
CEF de Fátima do Sul OPORTUNIDADE
Caixa abre concurso com salários de mais de R$ 3 mil; confira
QUASE 600 MIL MORTES
Covid-19: mortes sobem para 588,5 mil e casos, para 21,03 milhões
LIÇÕES DA BÍBLIA
Uma rua de mão dupla
LATROCINIO
Dupla invade casa, tranca mulher e crianças em quarto e mata homem degolado
SAQUE EMERGENCIAL
Caixa cria calendário para liberar nova rodada de dinheiro do FGTS
TRAGEDIA AÉREA
Acidente aéreo mata sócio da Raizen e outras seis pessoas