Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 4 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Palmeiras freia auto-exaltação antes de clássico contra São Paulo

23 Mai 2007 - 04h50
Apesar dos 100% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro --duas vitórias em dois jogos-- e do clima descontraído gerado pela boa fase, o Palmeiras tenta manter os pés no chão antes do clássico do próximo domingo, contra o São Paulo, no Morumbi, pela terceira rodada do Nacional.

"É muito cedo para falar que o Palmeiras é isso ou aquilo. Se perder [para o São Paulo], o Palmeiras não é nada disso", alertou o meia Michael.

"Mas é claro que quando você vence você vem mais motivado e mais descontraído para trabalhar", continuou.

Desde 2001 o Palmeiras não conseguia vencer suas duas primeiras em um Brasileiro. O São Paulo, por sua vez, passa por um período turbulento.

Após a eliminações no Campeonato Paulista e na Taça Libertadores, o time de Muricy Ramalho também não convenceu no Brasileiro --venceu o Goiás na estréia e perdeu para o Náutico em seguida.

"O São Paulo não atravessa um bom momento, e a gente está numa crescente maravilhosa", reconheceu o volante palmeirense Makelele.

O lateral-direito são-paulino Ilsinho, que tem sua posição ameaçada na equipe titular, também admitiu nesta terça-feira que o Palmeiras vive um melhor momento, mas disse considerar que não há favoritos.

"Apontar favorito para um clássico é meio difícil. Mas, nesse momento, o Palmeiras vem melhor, vem de duas a vitórias, enquanto nós tivemos uma derrota", lembrou o jogador, após o treino físico realizado nesta manhã.

Na única partida entre São Paulo e Palmeiras neste ano, pelo Paulista, o time do Morumbi levou a melhor e venceu por 3 a 1, mesmo jogando com meio time reserva, já que poupou titulares para a Libertadores.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSUSTADOR E REAL NO BRASIL
Com uma morte por minuto, Brasil registra 1.349 mortes por coronavírus nas últimas 24h, novo recorde
JULGAMENTO
TSE julga se cassa Bolsonaro e vice a partir de terça
AUXILIO DOENÇA
Como pedir concessão e prorrogação do auxílio-doença durante pandemia
1º CASO NO BRASIL
Paciente recuperada de coronavírus no Piauí volta a ter teste positivo
VITIMAS DA COVID 19
Mãe, avó e irmão de jovem morrem por covid-19: 'essa doença é horrível'
COVID-19
Brasil registra mais de 31 mil mortes por covid-19
COISA MEDONHA
Mulher é desenterrada e estuprada um dia após ser sepultada
DOURADOS - NOVO EPICENTRO COVID-19
Dourados é novo epicentro do coronavírus em MS com mais de 300 casos confirmados
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Caixa LIBERA 2ª parcela do auxílio de R$ 600 em contas dos beneficiários, veja os meses
ABSURDO
Médica relata ter sofrido agressões por parte de frequentadores de 'festas de corona'