Menu
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
terça, 13 de abril de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Brasil

Palmeiras bate Botafogo com gol no fim

27 Out 2004 - 07h17
 Palmeiras conquistou um importante resultado na sua luta pelo título brasileiro ou por uma vaga na Copa Libertadores do próximo ano. Nesta terça-feira, no Palestra Itália, a equipe derrotou o Botafogo por 2 a 1 e somou a terceira vitória consecutiva, ratificando sua ascensão nas últimas rodadas.

O jogo estava empatado até os 44min do segundo tempo, quando Correa marcou o gol da vitória. Pelo segundo jogo consecutivo o time carioca leva um gols nos últimos minutos da partida. Contra o Vitória sofreu o empate (1 x 1) aos 47.

A vitória levou o Palmeiras aos 65 pontos, juntamente com São Paulo e São Caetano, mas com uma vitória a menos que ambos: 19 a 18. A distância para o Atlético-PR é de quatro pontos, mas pode chegar a seis se o Santos derrotar o Flamengo nesta quarta. O Botafogo permanece com 40 pontos e não consegue deixar o zona do rebaixamento.

Na próxima rodada, o Palmeiras enfrentará o Grêmio, sábado, em Pelotas, já que o time gaúcho foi punido pelo STJD e não poderá atuar no Olímpico. No mesmo dia, o Botafogo encara o Cruzeiro no Caio Martins.

Palmeiras e Botafogo fizeram um primeiro tempo muito equilibrado, com boas chances para os dois clubes e o gol só não saiu devido às boas atuações de Sérgio e Jefferson.

A primeira etapa também foi dos Ricardinhos. O palmeirense com a número nove e o botafoguense com a sete foram os responsáveis pelas melhores jogadas.

O Botafogo chegou com perigo aos 10min. Caio arrancou pelo meio e abriu para Ruy na direita. Ele dominou e, dentro da área, chutou forte, cruzado, sobre o travessão de Sérgio.

A resposta verde aconteceu aos 23min. Pedrinho cruzou da direita, Ricardinho subiu mais que os zagueiros e desviou de cabeça, a bola cruzou o gol e saiu com perigo pela linha de fundo.

Com objetivo distintos, um buscando o título, o outro lutando contra o rebaixamento, Palmeiras e Botafogo se lançaram ao ataque no final do primeiro tempo e criaram boas chances para o primeiro gol.

Aos 38min, Caio fez bom passe para Ricardinho dentro da área. O atacante girou rápido e chutou forte no ângulo esquerdo de Sérgio, que fez grande defesa espalmando para escanteio.

Dois minutos depois outra chance com Ricardinho, desta vez, o do Palmeiras. Após cruzamento de Baiano, Gláuber não conseguiu dominar, a bola sobrou para Ricardinho chutar forte, Jefferson espalmou, Nen pegou o rebote e a bola bateu nas costas de Fernando impedindo o gol.

A resposta do Botafogo veio no minuto seguinte. Jorginho Paulista foi lançado pela direita, ganhou de Nen, foi à linha de fundo e chutou no canto direito para boa defesa de Sérgio, que com as pernas, desviou para escanteio.

O segundo tempo começou quente. Estevam Soares colocou em campo o volante Claudecir e ele se transformou no destaque do jogo. Aos 55 segundos levou cartão amarelo. Aos 2min, abriu o placar.

Correa cobrou escanteio pela esquerda, Claudecir se antecipou na primeira trave, subiu mais que João Carlos e Gustavo, e desviou de cabeça para as redes.

Em seguida, Ruy e Diego Souza se desentenderam, se xingaram, e após a separação dos companheiros foram expulsos de campo, abrindo espaços na defesa do Botafogo.

Perdendo o jogo e precisando somar pontos, o Botafogo se lançou ao ataque e ficou exposto aos perigosos contra-ataques do Palmeiras.

Num deles, aos 12min, Ricardinho perdeu grande chance. Ele foi lançado na intermediária e, livre de marcação, entrou na área, escolheu o canto e chutou sobre Jefferson, que impediu o segundo gol.

O goleiro botafoguense fez outra grande chance aos 15min. Correa recebeu livre na entrada da área, olhou o goleiro adiantado e tocou no ângulo direito. Jefferson se recuperou no lance e deu um tapa na bola desviando para escanteio.

O empate do Botafogo aconteceu aos 32min, coroando a boa atuação de Ricardinho na partida. Ele foi lançado pela esquerda e chutou para o gol, Sérgio esperava por um cruzamento, saiu em direção à área e não conseguiu volta a tempo de fazer a defesa. A bola entrou entre a trave esquerda e o goleiro palmeirense, para festa do banco botafoguense e do técnico Bonamigo.

No final da partida, Magrão perdeu a chance da vitória. Lúcio recebeu dentro da área e fez bom passe encontrando Magrão livre de marcação quase na marca de pênalti. O volante esperou e chutou sobre Jefferson, que fez outra grande defesa, garantindo o empate.

O sofrimento palmeirense durou até os 44min. Pedrinho chutou forte da intermediária, a bola desviou na zaga do Botafogo, nas costas de Thiago Gentil e caiu nos pés de Correa chutar forte e acertar o ângulo direito marcando o gol da vitória.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESESPERADOR
Covid-19: Brasil registra 3.808 mortes em 24 horas
EXEMPLAR
Cidade modelo que vacinou 64% da população vê casos de covid-19 caírem 78%.
NOVO CÓDIGO DE TRANSITO
Novo Código de Trânsito entra em vigor na segunda-feira; veja mudanças
LOCKDOWN É A SOLUÇÃO?
Araraquara X Bauru: dois retratos do Brasil com e sem lockdown contra a covid-19
AGRICULTURA SUSTENTAVEL NO MUNDO
II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta deve receber 1 mil inscrições
MORTANDADE
Brasil bate marca de 4 mil mortes por Covid registradas em um dia pela 1ª vez
COPA LIBERTADORES
Santos vence o San Lorenzo na Argentina e abre vantagem por vaga nos grupos da Libertadores
FATALIDADE
Técnico de informática morre após levar choque a partir de fone de ouvido
CANALHA
Pai comete estupro e diz que filha precisa saber "como é ter um homem"
SOB INVESTIGAÇÃO
Cantor gospel e pastor é encontrado morto e amarrado em árvore