Menu
SADER_FULL
segunda, 26 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
Brasil

Nova lei previdenciária desanima servidor público

23 Ago 2004 - 07h47
As mudanças na previdência não animaram os servidores públicos. Além da contribuição dos inativos, funcionários da ativa em Mato Grosso do Sul vão pagar mais pelo benefício.

No Instituto de Previdência de Campo Grande, os técnicos já refizeram os cálculos: dos 334 inativos que iriam passar a contribuir, restaram 72. O município que recolhe em média R$ 1,8 milhão por mês para a Previdência, terá um incremento na receita em torno de R$ 14 mil.

Além da taxação dos inativos a nova Lei Previdenciária altera a alíquota de contribuição dos servidores da ativa. A partir de agora, o desconto em folha será de no mínimo 11%. Com os funcionários do Executivo do Estado, que hoje pagam 10%, o aumento na receita será de R$ 450 mil por mês.

Outros R$ 780 mil devem ser arrecadados com os inativos do poder executivo. O governo ainda não divulgou qual o valor a ser recolhido nos poderes Legislativo e Judiciário. Hoje a receita previdenciária do estado é de R$ 13,5 milhões. E a nova arrecadação deve diminuir o déficit no setor.

Para os professores aposentados e pensionistas da Universidade Federal, a decisão do Supremo ainda não derrubou a liminar conseguida em abril deste ano. Eles não contribuem com a previdência porque provaram a inconstitucionalidade da cobrança. Mas sabem que são pequenas as chances de ganharem a ação no supremo.
A taxação dos inativos será apenas sobre os valores que excederem o teto estipulado pela previdência, ou seja, em cima do que ultrapassar os R$ 2,580 mil.
 
TV Morena

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIM A VIDA
Brasil se une a Egito, Indonésia, Uganda, Hungria e EUA em declaração contra o aborto
Invasão em residência acaba morador morto por tiro acidental TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem mata o próprio irmão ao atirar em invasor de residência
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
Motorista da carreta diz que ainda tentou desviar, mas não conseguiu DOENÇA DO SÉCULO
Menor pega carro escondido, joga contra carreta e morre na hora
BRASIL - 155.403 MORTES
Covid-19: Brasil tem 24.818 novos casos em 24 horas
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
MORTE SUBITA
Idoso morre em voo de Cuiabá para SP; avião faz pouso de emergência
BRASIL - 154.176 MORTES
Covid-19: Brasil tem mais 271 óbitos e 15.383 novos casos em 24h
TRAGÉDIA NA CIDADE
Acidente entre trem e e micro-ônibus deixa uma mulher morta e feridos