Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 7 de dezembro de 2021
SADER_FULL
Busca
Brasil

No ano centenário, Corinthians prevê R$ 50 mi em patrocínio

16 Out 2009 - 13h53Por Terra

A busca pelos patrocinadores do Corinthians em 2010, ano do centenário, já começou no Parque São Jorge. Os responsáveis pelo departamento de marketing do clube definiram o valor a ser alcançado e já fizeram proposta à empresa Brasil Foods pela manutenção da marca Batavo no espaço nobre.

Na cabeça do presidente Andrés Sanchez e do diretor de marketing Luís Paulo Rosenberg, a cifra compatível com a temporada que vai comemorar os cem anos do clube, incluindo a volta à Copa Libertadores, é de R$ 50 milhões.

"Já temos um conceito fixado. Mas, se eu falar, o valor passará a ser o máximo. Eu não quero isso (risos)", disse Rosenberg, durante lançamento de mais uma franquia das lojas oficiais do Corinthians.

O valor é cerca de 50% superior ao montante conseguido pelo clube neste ano. Os parceiros atuais são a Brasil Foods, os Grupos Silvio Santos (Banco PanAmericano e Baú) e Hypermarcas (Bozzano), além dos patrocínios de oportunidades no início de 2009, como Locaweb, Ford, Vivo, Visa, Panasonic e Lupo - ao todo R$ 33 milhões.

O sonho dos R$ 50 milhões pode ser alcançado de duas maneiras: com a soma de diversas marcas estampadas na camisa, como ocorre atualmente, ou com patrocínio único - hipótese na qual Rosenberg não acredita.

Independentemente do surgimento de novos interessados, a prioridade do clube é manter os parceiros. Tanto que, recentemente, integrantes do marketing do Corinthians almoçaram com os executivos da Brasil Foods. A proposta corintiana pela permanência da Batavo no espaço nobre gira em torno dos R$ 27 milhões, cerca de R$ 9 milhões a mais do que o acordo deste ano.

"O que posso dizer é que todos nossos patrocinadores são empresas maravilhosas. O Corinthians está felicíssimo com todos eles. Se todo mundo concordar em renovar, não teremos o que discutir, estará tudo acertado", afirmou Rosenberg.

No entanto, o valor proposto pelo Corinthians parece ter assustado os executivos da Brasil Foods, já que a empresa fala em R$ 20 milhões.

Leia Também

SONHO DA MATERNIDADE
Servidora Pública perde marido para a Covid, mas realiza sonho e dá à luz trigêmeos
LIÇÕES DA BIBLIA
O céu dos céus
covid_04.12 COVID NO BRASIL
Covid-19: país tem 22,1 milhões de casos e 615,5 mil mortes
LIÇÕES DA BIBLIA
Deuteronômio em escritos posteriores
ABUSO DE AUTORIDADE
PM arrasta homem negro algemado em moto; "Como na escravidão", diz gravação
REVOLTANTE
Índia de 13 anos violentada pelo avô busca ajuda e acaba estuprada por 4 em unidade saúde
DOENTIO
Mulher descongela geladeira e encontra corpo de bebê escondido em sacola
PONTE BIOCEÂNICA
Ponte Bioceânica vai ganhar nova data de lançamento; Bolsonaro e Marito participam
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com estados da região Sul, Azambuja quer integração ferroviária e união para redução de carbono
PIX SAQUE
Pix Saque começa hoje:comércio vê nova ferramenta como chamariz para clientes,mas teme por segurança